Tecnologia

MT tem mais de um celular por habitante; jornalista com 15 aparelhos cita hobby

São quatro milhões de aparelhos em todo o estado. O índice corresponde a 20% da média na região Centro-Oeste.

Celulares | 09 de Dezembro de 2017 as 16h 22min
MT Agora - Lidiane Moraes | G1

Número de celulares é de 1,2 por habitante, mas jornalista é exceção (Foto: Marcos Lemos/ Arquivo pessoal)

Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apontam que existem mais de 4 milhões de linhas telefônicas móveis cadastradas em Mato Grosso. Ou seja, mais de um celular por pessoa, se comparado ao número de habitantes, segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O número de telefones móveis corresponde a 20% das linhas cadastradas na região Centro-Oeste. Em todo, o Centro-Oeste são mais de 20 mil celulares.

Acima da média
A taxa do estado é de 1,2 celular por habitante, mas alguns destoam da média, como é o caso do jornalista Marcos Lemos, que possui 15 celulares ativos.

O primeiro celular dele foi adquirido em 1994 e, desde então, o número de aparelhos foi aumentando. Ele disse que foi um dos primeiros a ter aparelho de telefonia móvel em Cuiabá. À época, houve até cerimônia na extinta Telemat, empresa de telecomunicação do estado.

Para ele, além de uma ferramenta de trabalho, o aparelho virou um hobby. "Eu me divirto com a quantidade de celulares e com os celulares. Consigo atender a todos", diz ele.

Os modelos e as funções dos aparelhos de celular mudaram muito desde a década de 90. Hoje, a tecnologia permite o acesso a e-mails, redes sociais, sites, além do agendamento de compromissos e instalação de aplicativos que ajudam nos afazeres do dia a dia.

Os aparelhos do jornalista vão desde os mais simples até os mais sofisticados, que dispõem de mais recursos.

"Eu posso trabalhar de qualquer lugar, se estiver com um celular na mão. Uma vez, eu escrevi uma reportagem pelo celular. Estava numa viagem, vi um acidente, tirei uma foto, escrevi um texto e mandei tudo por e-mail", contou.

E, se depender dele, os índices registrados pela Anatel vão continuar subindo, porque ele já tem mais um telefone em vista. "Estou esperando os preços ficarem mais acessíveis para comprar um que ainda não tenho", afirmou.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

23º

COTAÇÃO