''Não fizemos o suficiente'', dirá Zuckerberg a deputados dos EUA sobre escândalo de dados

''Não basta conectar pessoas, temos que garantir que essas conexões sejam positivas'', afirmará o CEO da rede social na quarta, antes de responder a perguntas dos deputados.

09/04/2018 - 21:44:36

   

Criador do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou não ter planos de concorrer à Presidência dos Estados Unidos (Foto: Esteban Felix/AP)

Uma comissão parlamentar do Congresso dos Estados Unidos liberou nesta segunda-feira (9) o rascunho do testemunho que Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, fará na quarta-feira (11) sobre o escândalo de dados dos usuários, que tiveram suas informações exploradas sem consentimento pela Cambridge Analytica para influenciar a corrida eleitoral de Donald Trump rumo à presidência norte-americana e a campanha do Brexit.

O executivo admitirá que a rede social não tem contido abusos perpetrados por meio de sua plataforma.

“Está claro que não fizemos o suficiente para evitar que essas ferramentas sejam usadas também para causar danos. Isso vale para notícias falsas, interferência estrangeira em eleições e discursos de ódio, bem como desenvolvedores e privacidade de dados.”

E acrescenta:

“Não tivemos uma visão ampla da nossa responsabilidade, e isso foi um grande erro. Foi meu erro e sinto muito.”

Dados e eleições

O documento foi divulgado pela Comitê de Energia e Comércio da Câmara dos Deputados dos EUA. Depois de ler o testemunho, Zuckerberg responderá perguntas dos parlamentares.

O executivo também foi convidado a comparecer diante de uma audiência conjunta dos Comitês de Justiça e Comércio do Senado dos EUA nesta terça-feira (10).

Durante a sessão da Câmara na quarta, o CEO da companhia fará um balanço da polêmica. A Cambridge Analytica usou um dispositivo do próprio Facebook – já tirado do ar – para explorar os dados de 87 milhões de usuários da rede social.

Uma aplicação pediu autorização não só para coletar dados de quem o utilizasse, mas também dos amigos deles. Isso era permitido em 2014, época do incidente. Só que, em vez de apagar as informações após uso interno, o serviço compartilhou os dados com a Cambridge Analytica, que construiu algoritmos capazes de traçar o comportamento eleitoral de norte-americanos durante a campanha presidencial de 2016.

Zuckerberg balanceará seu discurso elencando as oportunidades em que o Facebook atendeu a pedidos de autoridades para abrir informações sobre influências externas em eleições nacionais, caso dos anúncios russos durante a campanha nos EUA, ou para impedir que interferências ocorressem, como nos pleitos de França e Alemanha, em 2017.

Nessa linha, o executivo dirá que o Facebook:

  • derrubou 270 páginas e contas que eram operadas pela Agência de Pesquisa na Internet (IRA, na sigla em inglês), uma agência russa, para direcionar informações falsas a pessoas de países vizinhos, como Azerbaijão, Uzbequistão e Ucrânia;
  • apagou 30 mil contas falsas para garantir a integridades das eleições na França;
  • encerrou milhares de contas "ligadas a distribuidores de notícias falsas, organizados e financeiramente motivados".
  • elevou o número de pessoas trabalhando em segurança para 15 mil e que ampliará a equipe para 20 mil até o fim do ano.

O CEO da Facebook vai ainda relativizar os esforços da empresa em conectar mais e mais usuários.

“Não basta apenas conectar pessoas, temos que garantir que essas conexões sejam positivas. Não basta só dar voz às pessoas, precisamos garantir que as pessoas não as usem para prejudicar as outras ou divulgar informações erradas. Não é o suficiente dar às pessoas o controle de suas informações. Temos que garantir que os desenvolvedores estão protegendo essas informações também.”

MT Agora - G1

Mais Noticias

Escândalo Do Facebook

Na Câmara dos EUA, Zuckerberg nega que Facebook venda dados e diz estar aberto a regulamentação

Bloqueio de Celular

Pedidos de bloqueio de celular por roubo ou extravio já somam 9,5 milhões

Uso do Celular

Mais de 96% dos mato-grossenses têm acesso à internet pelo celular, diz IBGE

TV por Assinatura

Número de assinantes de TV por assinatura cai 5% em 2017

25/01/2018 -

WhatsApp Business começa a funcionar no Brasil

O aplicativo especial permite a criação de um perfil empresarial com informações sobre o negócio.

05/01/2018 -

Pela primeira vez, vício em games é considerado distúrbio mental pela OMS

Comportamento viciado em videogame, sem controle de frequência e intensidade, pode representar um problema de saúde mental.

15/12/2017 -

Cell Store é inaugurada com linhas da Apple e JBL em Lucas

Linha de Produtos da Apple e JBL estão sendo oferecidos em uma estrutura inovadora.

09/12/2017 -

MT tem mais de um celular por habitante; jornalista com 15 aparelhos cita hobby

São quatro milhões de aparelhos em todo o estado. O índice corresponde a 20% da média na região Centro-Oeste.

27/11/2017 -

Estão usando sua Netflix de graça? saiba o que fazer

Descubra em alguns passos simples se alguma pessoa esteja usando sua conta Netflix

20/11/2017 -

iPhone X começa a ser vendido em 8 de dezembro no Brasil

Aparelho é a edição comemorativa de 10 anos da linha de smartphones da Apple.

20/11/2017 -

Apple inicia venda de versão ''desconectada'' do relógio inteligente Watch Series 3 no Brasil

Principal novidade da terceira geração do aparelho é acessar a internet sem precisar de um iPhone; modelos 'limitados' custam a partir de R$ 2,6 mil.

16/11/2017 -

Moto Z ganha acessório da Polaroid que imprime fotos

Gadget pode colocar no papel imagens tiradas pela câmera do aparelho ou de Facebook, Instagram e Google Photos.

16/11/2017 -

Como homem que vivia com ajuda do governo fundou o WhatApp e virou multimilionário do Vale do Silício

Imigrante da Ucrânia, Jan Koum tinha uma renda familiar baixa e precisou de subsídios do governo americano para sobreviver; hoje, faz parte da direção do Facebook, que comprou sua empresa, e tem uma fortuna estimada em R$ 31,7 bilhões.

13/11/2017 -

China e Taiwan desenvolvem satélite para prever terremotos

Tremores geram anomalias eletromagnéticas antes de ocorrer e podem ser antecipados. Cooperação é considerada marco.

17/10/2017 -

WhatsApp vai ganhar compartilhamento de localização em tempo real

Usuários poderão enviar posição atual e determinar por quanto tempo sua movimentação poderá ser vista. Novidade chega para aparelhos Android e iOS nas próximas semanas.

15/10/2017 -

EUA rejeitam proposta de taxar gigantes da tecnologia

Ministro francês defendeu esta semana a proposta de seu governo de cobrar tributos sobre o volume de vendas das empresas e não por seus lucros.

06/10/2017 -

Russos usaram antivírus da Kaspersky para roubar arquivos da NSA, diz jornal

''Wall Street Journal'' diz que material secreto da agência dos EUA foi roubado usando programa antivírus desenvolvido por agência russa.

05/10/2017 -

Galaxy Note 8 vai custar R$ 4,4 mil no Brasil

Modelo chega em 21 de outubro ao país. Volta da linha Galaxy Note ocorre após o último modelo ter sido retirado do mercado por causa de baterias que podiam pegar fogo.

05/10/2017 -

Google anuncia Home Mini e Max, novas versões de dispositivo inteligente controlado por voz

Mini é modelo compacto, enquanto Max aposta na qualidade de som. Produtos serão lançados a partir de outubro em apenas sete países. Brasil está fora.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora