Liberdade De Expressão

ONU e organismos internacionais defendem liberdade de expressão online

Parlamentos e empresas de modo a assegurar esse exercício.

Fonte: Jonas Valente | Agência Brasil
14 de Julho de 2019 as 23h 51min

Liberdade de expressão na internet - Valter Campanato/Agência Brasil

Relatores para a liberdade de expressão da Organização das Nações Unidas (ONU) e de outros organismos internacionais divulgaram uma declaração conjuntaapontando os desafios para a garantia do direito à comunicação da sociedade na próxima década e as medidas a serem adotadas por governos, Parlamentos e empresas de modo a assegurar esse exercício. 

Além do relator da ONU, David Kaye, o documento foi assinado pelos relatores da Organização dos Estados Americanos (OEA), Edison Lanza, da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), Harlem Desir e da Comissão Africana sobre os Direitos Humanos e das Pessoas (ACHPR), Lawrence Mute. 

O texto afirma a necessidade de Estados terem leis e outros tipos de normas para assegurar a liberdade de expressão no cenário atual, promovendo um ambiente de mídia mais plural e diverso. Esses devem estar de acordo com padrões internacionais, limitando as restrições à liberdade de expressão, bem como estabelecer formas de garantir a proteção de jornalistas. 

Tais legislações devem ter mecanismos para incentivar veículos independentes e serem fiscalizadas e conduzidas por órgãos reguladores independentes das influências de governos de plantão e que realizem uma supervisão apropriada do setor privado. 

A declaração conclama autoridades e outros setores a construir uma Internet livre, aberta e inclusiva. Isso passa por reconhecer o acesso à web como um direito fundamental, combater a derrubada das conexões (shutdowns), assegurar a neutralidade de rede (o tratamento não discriminatório do tráfego de dados) e elaborar políticas de fomento à conectividade, especialmente em segmentos populacionais sem recursos para tal. 

Plataformas digitais 

Para isso, o texto advoga que é preciso atuar no caso de plataformas digitais (como redes sociais, mecanismos de busca e outros), “com enorme poder concentrado em poucas companhias”. Essas devem ser submetidas a mecanismos de supervisão e transparência, vinculados a órgãos multissetoriais (com participação do Poder Público e da sociedade civil). 

As regulações voltadas a essas empresas se ancorem em parâmetros internacionais de direitos humanos ter em foco os fenômenos de difusão de desinformação (conhecida mais recentemente como fake news) e de discurso de ódio. No tocante a mensagens falsas, as respostas devem considerar os impactos sociais e respeitar critérios de legalidade, legitimidade do objetivo, necessidade e proporcionalidade. 

Além disso, os relatores recomendam “soluções legais e tecnológicas que permitam a curadoria algorítmica e a moderação de conteúdo transparentes, com disponibilização de informações e capacidade de auditagem dos dados usados em inteligência artificial”. 

O poder dessas poucas companhias ofertando serviços de comunicação também deve ser objeto de iniciativas no plano concorrencial. “Regras e sistemas devem abordar a concentração de propriedade e práticas que representem o abuso da posição de mercado dominante”, opinaram. 

Vigilância 

Os autores também assinalaram a importância de iniciativas para proibir a vigilância ilegal e arbitrária, bem como o uso de ferramentas não transparentes por empresas, como as de spyware (pequenos programas que rastreiam a navegação dos usuários de Internet). Diversos sites e aplicações (como Facebook e Google) monitoram o que os seus usuários fazem não somente quando estão utilizando seus serviços, mas por meio de diversos recursos (como cookies instalados no computador). 

Eles também se manifestaram contrários a restrições arbitrárias ao uso de criptografia e ferramentas que permitem o anonimato. Esta é uma das polêmicas, por exemplo, no caso do Whatsapp. Há opiniões de diferentes segmentos, inclusive no Brasil, de que o combate aos abusos passaria pela limitação da criptografia no aplicativo, o que é contestado por pesquisadores e entidades atuando com direitos digitais. 


COMENTARIOS

Mais de Tecnologia

Governo

Portal Gov.br reúne serviços em um só local

Cerca de 1,6 mil sites do Executivo serão migrados para a nova plataforma e mais de mil serviços serão digitalizados até 2020

30 de Agosto de 2019 as 12h42

Novo Escândalo

Facebook empregou pessoas para transcrever áudios de usuários

Caso foi revelado pela Bloomberg e coloca o Facebook ao lado de Apple, Microsoft e Google, que já tinham admitido que também faziam transcrição de gravações.

13 de Agosto de 2019 as 20h49

Cartão De Crédito Virtual

Apple começa a emitir cartão de crédito para usuários selecionados

Iniciativa é parte da estratégia da empresa de focar em serviços. No segundo trimestre do ano, a empresa anunciou que tem 420 milhões de assinantes.

06 de Agosto de 2019 as 12h01

Mudança

Instagram deixa de mostrar número de curtidas das postagens

Mudança põe tema entre os mais discutidos na internet

17 de Julho de 2019 as 22h58

Ranking

Qualidade de vida digital: conheça os países mais conectados do mundo

Conheça lugares que atraem pessoas do mundo todo com inovação, serviços online e um estilo de vida digital. Brasil está no final do ranking, em 50º lugar de 68 países.

14 de Julho de 2019 as 22h59

Tecnologia x Privacidade

Google admite que humanos escutam gravações do assistente de voz e defende prática

Empresa disse que 0,2% de áudios são ouvidos por especialistas em linguagem para ajudar a desenvolver tecnologia de reconhecimento de voz.

12 de Julho de 2019 as 19h31

Inovação

BRF digitaliza fábrica e passa a usar smartphones em controle de qualidade

O app utilizado pelos funcionários registra dados como diâmetro e temperatura das pizzas na linha de produção.

11 de Julho de 2019 as 07h27

Segurança

Instagram anuncia novos recursos para combater o bullying

Usuários poderão restringir mensagens maldosas sem que o autor sabia disso. Outra ferramenta dará um alerta a pessoa que escrever postagem ofensiva.

08 de Julho de 2019 as 21h25

Levantamento

Mais de 60% dos jovens usam celular para pagamentos, indica pesquisa

De acordo com o levantamento, 64% dos jovens realizam frequentemente ou ocasionalmente pagamentos por meio de aplicativos, enquanto 57% fazem essas operações em navegadores móveis.

06 de Julho de 2019 as 22h21

Proteção De Dados

Gigantes da tecnologia tentam dar mais privacidade a usuários, mas esbarram no próprio modelo de negócio

Pressionados, Google e Facebook fazem promessas sobre o tema, mas dados de usuários ainda são 'moeda' importante no setor, dizem analistas.

04 de Julho de 2019 as 21h23

Instabilidade

WhatsApp tem instabilidade e não baixa áudio ou faz download de imagens

Mensageiro apresenta problemas para baixar áudios e imagens no aplicativo para Android e iPhone (iOS), além da versão web; Instagram e Facebook também estão com falhas

03 de Julho de 2019 as 11h50

Dados

Banda larga cresce 5,5% nos últimos 12 meses

Os dados foram divulgados hoje (24) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), considerando as conexões registradas em maio.

24 de Junho de 2019 as 23h22

Invesigação

Congresso dos EUA vai investigar Facebook, Google, Microsoft e Apple

Objetivo é avaliar se empresas promoem práticas anticompetitivas

16 de Junho de 2019 as 16h17

Lançamento

Apple lança iOS 13, anuncia sistema operacional próprio para o iPad e acaba com iTunes

Para os celulares, atualização estará disponível a partir do iPhone 6S. Empresa também mostrou novidades para o relógio inteligente Watch, além de uma nova versão do computador Mac Pro.

03 de Junho de 2019 as 22h05

FX Suspensa

Fx Trading está suspensa no Brasil sob pena de multa, diz CVM

A autarquia, então, determinou que fosse imediatamente suspensa veiculação de qualquer oferta pública de investimentos

20 de Maio de 2019 as 14h37

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO