Agro

CNA entrega à ministra da Agricultura propostas para o Plano Agrícola e Pecuário 2021/2022

Tereza Cristina e José Mário Schreiner Brasília (19/05/2021) - A Confederação da Agricultura e Pecuária...

Fonte:CNA Brasil
19 de Maio de 2021 as 19h 50min

Tereza Cristina e José Mário Schreiner

Brasília (19/05/2021) - A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) entregou na quarta (19) à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, as propostas da entidade para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2021/2022, construídas de forma conjunta com as Federações de Agricultura e Pecuária nos Estados, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), sindicatos rurais e produtores.

O documento foi entregue pelo presidente da CNA, João Martins, pelo presidente da Comissão Nacional de Política Agrícola da entidade, deputado federal José Mário Schreiner (DEM/GO), e pelo diretor-geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Daniel Carrara. Os vice-presidentes da CNA José Zeferino Pedrozo, Muni Lourenço, Mário Borba e Júlio Rocha acompanharam de forma remota a entrega.

O diretor técnico da CNA, Bruno Lucchi; a assessora técnica de Política Agrícola da CNA, Fernanda Schwantes; o secretário de Política Agrícola, César Halum; o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke; e o diretor do Departamento de Financiamento e Informação da Secretaria de Política Agrícola do ministério, Wilson Vaz de Araújo, também participaram da reunião.

O documento elaborado pela CNA é constituído de quatro pilares: 1. ajustes estruturantes para aumentar a oferta de crédito, como revisão da regulação prudencial a que estão sujeitas as instituições financeiras e dos custos administrativos e tributários (CAT’s) que elas cobram na operacionalização da política de crédito rural; 2. redução dos custos intrínsecos às contratações de crédito, como os custos cartorários, venda casada, e taxas que os bancos cobram para avaliar projetos; 3. prioridades dos pequenos e médios produtores e suas principais dificuldades no acesso ao crédito e seguro; e 4. propostas para a melhoria da gestão de riscos.

Juntamente com as propostas, a CNA entregou uma pesquisa feita com produtores que recebem Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar que mostra as prioridades e principais dificuldades deles em acessar o crédito e o seguro rural.

"Apesar dos avanços que tivemos nos últimos anos, a safra 2021/2022 será um grande desafio para os produtores, pois os custos de produção têm se elevado significativamente, as taxas de juros estão em ascensão e a piora de expectativas dos indicadores macroeconômicos tende a tornar os ofertantes de crédito mais seletivos", afirmou o presidente da CNA, João Martins, que também participou da entrega de forma virtual.

Entre os 10 pontos prioritários para a política agrícola na próxima safra, a CNA propõe elevar de R$ 415 mil para R$ 550 mil o limite de Renda Bruta Anual para enquadramento dos produtores no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), e de R$ 2 milhões para R$ 2,65 milhões para enquadramento no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

Nesse sentido, a Confederação sugere priorizar recursos para as finalidades de investimento, especialmente para pequenos e médios produtores (Pronaf e Pronamp), e para os programas para construção de armazéns (PCA), irrigação (Moderinfra), investimentos necessários à incorporação de inovações tecnológicas nas propriedades rurais (Inovagro) e o Programa ABC.

"As propostas da CNA estão muito afinadas com o que a nossa Secretaria de Política Agrícola vem trabalhando. Precisamos esperar pela definição do orçamento para fazer alguns ajustes. Pretendemos resolver isso o mais rápido possível, pois a agricultura não espera. Só existe tempo de plantar e de colher", disse Tereza Cristina.

Bruno Lucchi e José Mário Schreiner

Juros e seguro rural - Outra proposta é garantir orçamento de R$ 15 bilhões, em 2021, para equalização de taxa de juros, e de R$ 1,6 bilhão para a subvenção econômica ao prêmio do seguro rural (PSR).

Também estão entre as sugestões apoiar as iniciativas legislativas que viabilizem a redução dos custos cartorários e a melhoria dos procedimentos registrais dos quais os produtores dependem para a sua atividade, garantir previsibilidade de execução do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), aumentar a transparência sobre as exigências das instituições financeiras nas concessões de credito rural e a fiscalização sobre a prática de venda casada.

Entre as prioridades está, ainda, a derrubada dos vetos presidenciais à Lei 14.130/2021, pois conferem tratamento tributário diferente aos Fundos de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais (Fiagro) em relação aos outros setores, ceifando a sua competitividade, e criar um programa de subvenção às opções de venda de milho, com o objetivo de incentivar a produção do cereal.

"Na gestão da ministra, o setor obteve diversas conquistas ao defender essa agenda estruturante, como a aprovação da Lei do Agro, a Lei do Fiagro, e a emissão de CRA garantido pelo BNDES. No entanto, estamos trabalhando para otimizar os gastos públicos, auxiliar mais produtores a produzir nas faixas de maior produtividade e renda e promover a inclusão financeira dos produtores", disse Schreiner.

Clique aqui para acessar o documento na íntegra.

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Agronegócios

Show Safra 2022

Lançado oficialmente Show Safra 2022, 'evento é uma vitrine para o mundo'

Lucas do Rio Verde será palco de um dos maiores eventos do agronegócio do país,

22 de Setembro de 2021 as 14h16

Agro

Dia do Apicultor - Trabalho e dedicação garantem qualidade do mel brasileiro

Brasília (22/05/2021) – A comercialização de produtos apícolas brasileiros ganha cada vez mais espaço ...

22 de Maio de 2021 as 08h20

Agro

Famato ingressa em ação no STF para demonstrar a inaplicabilidade da Lei da Mata Atlântica no bioma Pantanal

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) conseguiu ingressar como amicus curiae (am...

21 de Maio de 2021 as 20h50

Agro

Sistema FAEC/SENAR e ADAGRI firmam parceria para expandir ações do Selo Arte

O Sistema FAEC/SENAR e a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará - ADAGRI assinaram hoje, 21/05, term...

21 de Maio de 2021 as 20h20

Agro

Senar participa de oficina do Projeto FIP Paisagens Rurais em Goiás

Brasília (21/05/2021) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) participou da oficina do Projeto...

21 de Maio de 2021 as 20h10

Agro

Jovens apresentam novo projeto para os gestores do Sistema Famato

Com o objetivo de apresentar o projeto Famato Jovem, os quatro finalistas mato-grossenses do programa CNA Jov...

21 de Maio de 2021 as 19h50

Agro

Maratona de Inovação na Apicultura aborda possibilidades de negócio com abelhas sem ferrão

O Brasil conta com 400 espécies de abelhas “sem ferrão”, as chamadas meliponinas. E estudos indicam que...

21 de Maio de 2021 as 19h20

Agro

Moradores de Guiratinga aprendem cortes especiais de carne bovina

Uma turma de Guiratinga foi a primeira a realizar o treinamento de cortes especiais de carne bovina, disponib...

21 de Maio de 2021 as 18h50

Agro

Produtores Rurais Atendidos pela Assistência do Senar Receberam Treinamento de Silagem

Para capacitar os Produtores atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial-ATeG- da cadeia produtiva de Bo...

21 de Maio de 2021 as 18h20

Agro

Uso de tecnologias otimiza manejo e reduz custos de produção em horta de Terenos/MS

Com implantação de fertirrigação e gotejamento, produtor assistido pelo Senar/MS melhora produtividade em...

21 de Maio de 2021 as 18h20

Agro

Senar participa de oficina do Projeto FIP Paisagens Rurais em Goiás

Brasília (21/05/2021) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) participou da oficina do Projeto...

21 de Maio de 2021 as 17h50

Agro

Instituto AgriHub oficializa criação da Rede de Inovação e Investigação Meteorológica

O comitê da Rede de Inovação e Investigação Meteorológica (RIIMT) foi oficialmente criado esta semana (...

21 de Maio de 2021 as 17h50

Agro

Projeto Retomada da Economia inicia atividades no Oeste da Bahia

O Sistema Faeb/Senar e o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, iniciaram a parceria para o projeto ...

21 de Maio de 2021 as 17h20

Agro

CNA avalia que medidas provisórias ajudam pequenos produtores a renegociar dívidas com fundos constitucionais e de investimentos

Brasília (21/05/2021) – A Câmara dos Deputados aprovou, na noite de quinta (20), as Medidas Provisórias ...

21 de Maio de 2021 as 17h20

Agro

Treinamentos do Senar Goiás para melhorar pastagem ajudam produtor a reduzir custos com alimentação do gado

Se tinha uma brechinha, Cleidimar ia para a fazenda dos avós. Com o tempo eles se mudaram pra cidade, mas o ...

21 de Maio de 2021 as 16h50

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO