Saúde

Covid-19: Fiocruz investiga hesitação de pais em vacinar crianças

Estudo teve participação de 15.297 pais, mães e responsáveis

Fonte:EBC
17 de Janeiro de 2022 as 18h 45min

© Tomaz Silva/Agência Brasil

Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que contou com 15.297 pais, mães ou responsáveis por crianças e adolescentes indicou que mais de 80% pretendem vacinar seus filhos contra a covid-19. Chamada de VacinaKids, a pesquisa investiga os motivos da hesitação vacinal e aplicou um questionário online que teve 70,55% de participação de pais da região Sudeste, 11,13% do Sul, 8,27% do Nordeste, 7,6% do Centro-Oeste e 2,4% do Norte.

Segundo as respostas apresentadas, a hesitação é maior na faixa etária de 0 a 4 anos, que ainda não foi contemplada pela vacinação. Entre os pais dessas crianças, o percentual que não pretende vacinar foi 16,4%. A hesitação vacinal foi menor entre os pais de crianças de 5 a 11 anos, com 12,8%, e chegou a 14,9% entre os responsáveis por adolescentes.

A pesquisa analisa que os principais motivos associados à hesitação vacinal foram medo de reações adversas e supostos efeitos de longo prazo, minimização da gravidade da pandemia e a falsa ideia de que quem teve covid-19 não precisa se vacinar. Entre suas respostas, esses pais também declararam com frequência que discordam que a vacina tornaria o retorno escolar mais seguro e que acreditam que a imunidade natural é uma opção melhor de proteção do que a vacina.

Outras crenças mencionadas pelos entrevistados foram a de que a vacina precisa de mais tempo para ser considerada segura e a de que as crianças e adolescentes não têm nenhuma chance de ficar grave se contrair a covid-19. Também houve respostas no sentido de preferir produtos naturais à vacinação.

A Fiocruz ressalta que a vacinação de crianças de 5 a 11 com a vacina da Pfizer é segura e eficaz, e conta com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e outras autoridades sanitárias do mundo, como a dos Estados Unidos, onde 8,7 milhões de doses já foram aplicadas nessa faixa etária.

A coordenadora do estudo, a pediatra e pesquisadora clínica do Instituto Fernandes Figueira/Fiocruz, Daniella Moore, cita dados do Centro de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos que mostram que vacinação de crianças é segura e transcorre naquele país com a ocorrência de cerca de 4 mil eventos adversos, sendo 97% leves, entre as mais de 8 milhões de doses aplicadas.

“O relatório mostra que aproximadamente 8,7 milhões de doses da vacina Pfizer-BioNTech Covid-19 foi administrada em crianças nessa faixa etária durante o período de 3 de novembro a 19 de dezembro de 2021. Dessas 8,7 milhões de doses, foram notificados 4.249 eventos adversos, o que representa apenas 0,049% das doses aplicadas. A grande maioria (97,6%) dos efeitos notificados foi leve a moderado, como dor no local da injeção, fadiga ou dor de cabeça. Ou seja, a vacina é, de fato, segura e os dados comprovam a sua segurança, mostrando, na sua maioria, efeitos adversos que mães e pais já têm experiência em lidar com outras vacinas do calendário vacinal", conta Daniella.

A pesquisadora ressalta que a ocorrência de miocardite, que é uma inflamação do músculo cardíaco, foi registrada em 11 crianças dessa faixa etária que foram vacinadas, e todas se recuperaram. A complicação é um dos principais medos citados por pais que hesitam em vacinar seus filhos, mas a pediatra lembra que a covid-19 também pode causar essa inflamação, especialmente quando a doença evolui para um quadro de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica.

“Alguns pais subestimam a gravidade da doença em crianças. No entanto, apesar da covid-19 ser considerada menos grave em crianças quando comparada a adultos, elas ainda assim ficam doentes, podem ficar graves e ter evoluções desfavoráveis”, alerta Daniella.

No ano passado, foram hospitalizados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) associada à covid-19 quase 20 mil crianças e adolescentes. Segundo levantamento realizado pela Fiocruz, 1.422 menores de idade morreram vítimas pela covid-19 até o dia 4 de dezembro do ano passado, sendo 418 em menores de 1 ano; 208, de 1 a 5 anos; e 796, de 6 a 19 anos.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

Saúde

Rio de Janeiro vacina grupos prioritários de 30 a 39 anos contra gripe

Campanha de vacinação termina em 3 de junho

23 de Maio de 2022 as 10h00

Saúde

Enxaqueca requer tratamento médico, alerta neurologista

"Não é uma doencinha qualquer", diz especialista Leandro Calia

23 de Maio de 2022 as 05h45

Saúde

Brasil tem 12,6 mil novas infecções por covid-19 em 24h

De ontem para hoje, 99 pessoas perderam a vida

22 de Maio de 2022 as 18h00

Saúde

Esporte melhora saúde e autoestima de transplantados

Iniciativas também ajudam a incentivar a doação de órgãos

22 de Maio de 2022 as 10h30

Saúde

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

22 de Maio de 2022 as 10h15

Saúde

Insônia em crianças pode ser tratada com higiene do sono, diz médico

Rotina e hábitos antes de dormir ajudam a evitar a insônia em pequenos

22 de Maio de 2022 as 09h15

Saúde

Pessoas com asma devem redobrar cuidados no outono e no inverno

Brasil registra mais de 20 milhões de pessoas com asma

21 de Maio de 2022 as 11h30

Saúde

Ministério da Saúde abre consulta sobre diagnóstico do câncer de pele

Contribuições devem ser enviadas para a Conitec até 8 de junho

20 de Maio de 2022 as 08h30

Saúde

Covid-19: em 24 horas, Brasil teve 10,4 mil casos e 114 mortes

Pacientes recuperados da doença são 29,7 milhões

19 de Maio de 2022 as 20h00

Saúde

No Rio, caminhada no Leme dá largada a projeto de incentivo à saúde

Unidades básicas terão profissionais para orientar usuários do SUS

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Ministério inclui covid-19 em lista de notificação compulsória

Medida é obrigatória para médicos e profissionais de saúde

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Prazo de inscrição para a 2ª etapa do Revalida 2022 acaba hoje

Pagamento da taxa poderá ser feito até o dia 20

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Ministério da Saúde lançou campanha para ampliar estoques públicos

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Covid-19: Brasil tem 26,3 mil novos casos e 229 mortes em 24 horas

Mais de 428,9 milhões de doses de vacinas foram aplicadas no país

19 de Maio de 2022 as 17h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO