Saúde

Pandemia fez um novo bilionário a cada 26 horas, diz Oxfam

Enquanto isso, a renda de 99% da humanidade caiu

Fonte:EBC
17 de Janeiro de 2022 as 14h 30min

© Arquivo/Agência Brasil

Enquanto a pandemia colocou na pobreza mais de 160 milhões de pessoas, um novo bilionário surgiu a cada 26 horas desde o início da crise humanitária, afirma a Oxfam Brasil, entidade que trabalha na busca de soluções para o problema da pobreza, desigualdade e injustiça.

De acordo com a entidade, os 10 homens mais ricos do mundo mais que dobraram suas fortunas, passando de US$ 700 bilhões para US$ 1,5 trilhão – a uma taxa de US$ 15 mil por segundo ou US$ 1,3 bilhão por dia – durante os dois primeiros anos da pandemia. Por outro lado, a renda de 99% da humanidade caiu e mais de 160 milhões de pessoas foram empurradas para a pobreza.

A diretora executiva da Oxfam Brasil, Katia Maia, afirmou que, se os 10 homens mais ricos do mundo perdessem 99,99% de sua riqueza, eles continuariam mais ricos do que 99% de todas as pessoas do planeta. “Eles têm hoje seis vezes mais riqueza do que os 3,1 bilhões mais pobres do mundo”, completou.

Segundo a entidade, no Brasil, há 55 bilionários com riqueza total de US$ 176 bilhões. Desde março de 2020, quando a pandemia foi declarada, o país ganhou 10 novos bilionários. O aumento da riqueza entre eles durante a pandemia foi de 30% (US$ 39,6 bilhões), enquanto 90% da população teve uma redução de renda de 0,2% entre 2019 e 2021. Os 20 maiores bilionários do país têm mais riqueza (US$ 121 bilhões) do que 128 milhões de brasileiros (60% da população).

Para Kátia, é inadmissível que alguns poucos brasileiros tenham lucrado tanto durante a pandemia, quando a esmagadora maioria da população ficou mais pobre. “Milhões de brasileiros sofreram com a perda de emprego e renda, enfrentando uma grave crise sanitária e econômica”.

Desigualdade Mata

A publicação Desigualdade Mata, lançada pela Oxfam no último domingo (16), revela ainda que as desigualdades estão contribuindo para a morte de pelo menos 21 mil pessoas por dia ou uma pessoa a cada quatro segundos. Esta é uma conta conservadora, segundo a entidade, baseada nas mortes globais provocadas pela falta de acesso à saúde pública, violência de gênero, fome e crise climática.

Por outro lado, a riqueza dos bilionários aumentou ainda mais em meio à pandemia do que nos últimos 14 anos. Os US$ 5 trilhões são o maior acúmulo na riqueza dos bilionários desde que os dados começaram a ser monitorados.

Na visão da Oxfam, um imposto único de 99% sobre os ganhos obtidos pelos 10 maiores bilionários do mundo durante a pandemia seria suficiente para pagara, por exemplo:

• por vacinas suficientes para toda a população do mundo;

• para providenciar saúde pública universal e proteção social;

• para financiar ações de adaptação climática; e,

• para reduzir a violência de gênero em mais de 80 países.

Para a diretora executiva da Oxfam, a proposta de um imposto único extraordinário de 99% sobre os ganhos extras dos 10 bilionários mais ricos do mundo durante a pandemia mostra que é possível encontrar recursos para enfrentar os desafios que estão afetando milhões de pessoas no mundo.

“Seria importante ter esse debate aqui no Brasil. Infelizmente, o que vemos no país é a atuação de setores privilegiados que impedem até mesmo a básica tributação sobre lucros e dividendos a acionista. É hora de parar de normalizar esses privilégios e ter uma tributação justa no nosso país”, destaca Kátia:

“Ainda que os governos tenham injetado US$ 16 trilhões do nosso dinheiro nas economias dos países para salvar vidas e empregos, boa parte desses recursos acabaram nos bolsos dos bilionários, devido às grandes altas no mercado de ações. As vacinas deveriam acabar com a pandemia, mas a desigualdade na sua distribuição, concentrando doses nos países mais ricos, está deixando milhões sem acesso. O resultado é que diferentes tipos de desigualdades devem aumentar no mundo. Estamos perdendo nossa humanidade de forma acelerada ao normalizar desigualdades extremas”, completa.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

Saúde

Rio de Janeiro vacina grupos prioritários de 30 a 39 anos contra gripe

Campanha de vacinação termina em 3 de junho

23 de Maio de 2022 as 10h00

Saúde

Enxaqueca requer tratamento médico, alerta neurologista

"Não é uma doencinha qualquer", diz especialista Leandro Calia

23 de Maio de 2022 as 05h45

Saúde

Brasil tem 12,6 mil novas infecções por covid-19 em 24h

De ontem para hoje, 99 pessoas perderam a vida

22 de Maio de 2022 as 18h00

Saúde

Esporte melhora saúde e autoestima de transplantados

Iniciativas também ajudam a incentivar a doação de órgãos

22 de Maio de 2022 as 10h30

Saúde

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

22 de Maio de 2022 as 10h15

Saúde

Insônia em crianças pode ser tratada com higiene do sono, diz médico

Rotina e hábitos antes de dormir ajudam a evitar a insônia em pequenos

22 de Maio de 2022 as 09h15

Saúde

Pessoas com asma devem redobrar cuidados no outono e no inverno

Brasil registra mais de 20 milhões de pessoas com asma

21 de Maio de 2022 as 11h30

Saúde

Ministério da Saúde abre consulta sobre diagnóstico do câncer de pele

Contribuições devem ser enviadas para a Conitec até 8 de junho

20 de Maio de 2022 as 08h30

Saúde

Covid-19: em 24 horas, Brasil teve 10,4 mil casos e 114 mortes

Pacientes recuperados da doença são 29,7 milhões

19 de Maio de 2022 as 20h00

Saúde

No Rio, caminhada no Leme dá largada a projeto de incentivo à saúde

Unidades básicas terão profissionais para orientar usuários do SUS

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Ministério inclui covid-19 em lista de notificação compulsória

Medida é obrigatória para médicos e profissionais de saúde

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Prazo de inscrição para a 2ª etapa do Revalida 2022 acaba hoje

Pagamento da taxa poderá ser feito até o dia 20

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Covid-19: Butantan identifica nova variante recombinante em São Paulo

Trata-se da variante XG da cepa Ômicron

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Ministério da Saúde lançou campanha para ampliar estoques públicos

19 de Maio de 2022 as 17h15

Saúde

Covid-19: Brasil tem 26,3 mil novos casos e 229 mortes em 24 horas

Mais de 428,9 milhões de doses de vacinas foram aplicadas no país

19 de Maio de 2022 as 17h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO