Economia

Agência Brasil explica: 13º para trabalhador com Benefício Emergencial

Acordo de suspensão de contrato paga menos que redução de jornada

Fonte:EBC
22 de Novembro de 2021 as 08h 15min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Com a proximidade do fim de ano, cerca de 2,6 milhões de trabalhadores fazem a pergunta: como ficará o 13º salário do empregado que aderiu ao Benefício Emergencial (BEm)? O programa complementou a renda do trabalhador que teve o contrato suspenso ou a jornada reduzida durante a pandemia de covid-19 em troca da preservação do emprego.

Embora tenha definido as condições do programa, a Medida Provisória 1.045, que recriou o programa em 2021, não especifica como será o pagamento do 13º. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, a orientação será semelhante à do ano passado, quando o governo também teve de esclarecer esse ponto.

Por orientação do ministério, quem teve jornada reduzida receberá integralmente o benefício. Quem teve o contrato de trabalho suspenso ganhará proporcionalmente ao número de meses em que trabalhou mais de 15 dias. Dessa forma, caso o empregado tenha trabalhado pelo menos 15 dias em oito meses no ano e ter ficado com o contrato suspenso por quatro meses receberá dois terços do 13º.

Isso ocorre porque a Lei 4.090/1962, que criou o 13º, determina que a gratificação natalina é calculada da seguinte forma: a cada mês em que trabalha pelo menos 15 dias, o empregado tem direito a 1/12 (um doze avos) do salário total de dezembro. Dessa forma, o cálculo do 13º considera como um mês inteiro o prazo de 15 dias trabalhados.

Para o adicional de férias, o procedimento será o mesmo: pagamento integral a quem teve redução de jornada e proporcional a quem teve suspensão de contrato.

A legislação beneficia o trabalhador com jornada reduzida. Isso porque o empregado apenas teve o horário diminuído, mas trabalhou o mesmo número de dias que teria trabalhado normalmente. No caso da suspensão de contratos, o empregado é prejudicado porque ficou em casa durante o período do acordo.

Estatísticas

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, foram fechados 3.275.843 acordos especiais na edição de 2021 do Benefício Emergencial. Desse total, 2.593.980 trabalhadores e 634.525 empregadores foram contemplados.

Na divisão por modalidades, os acordos de suspensão de contratos lideraram, com 1.367.239 assinaturas. Em seguida, vêm os acordos de redução de 70% na jornada (com diminuição de 70% nos salários), com 789.195 assinaturas; as reduções de 50% na jornada (com diminuição equivalente do salário), com 613.414 assinaturas; e as reduções de 25% da jornada (com diminuição proporcional da na remuneração), com 505.994 assinaturas. Houve apenas um acordo do tipo para trabalhadores intermitentes, empregados que não fazem jornada cheia e recebem menos que um salário mínimo.

Para compensar a queda nos salários, os trabalhadores recebem o Benefício Emergencial, que correspondia ao percentual do seguro-desemprego a que o empregado teria direito se fosse demitido. No caso dos contratos suspensos, a remuneração equivale a 100% do seguro-desemprego. Os trabalhadores intermitentes ganham ajuda de R$ 600.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

Pagamento do Auxílio Gás também começa hoje

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada

Valor será de R$ 2 mil este mês para motoristas de carga

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

IBGE: IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa desde 1980

Queda na inflação oficial foi puxada pela redução nos combustíveis

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa da série histórica

Queda na inflação oficial foi puxada pela redução nos combustíveis

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Índice Nacional da Construção Civil sobe 1,48% em julho

Custo da construção, por metro quadrado, é de R$ 1.652,27

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Inflação para famílias de renda mais baixa cai 0,60%

É a menor variação desde o início da série histórica em 1979

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Estímulos fiscais temporários pressionam inflação, diz Banco Central

Meta a ser definida é 3,5% para este ano

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Rentabilidade dos bancos retorna ao nível pré-pandemia

Avaliação é do Banco Central, no Relatório de Estabilidade Financeira

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Inflação dos aluguéis residenciais sobe 1,05% em julho, diz FGV

Acumulado de 12 meses ficou em 8,65%

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Entidades do setor produtivo criticam alta da Selic

Para CNI, elevação diminuirá produção, consumo e emprego

03 de Agosto de 2022 as 21h00

Economia

Ministro da Economia diz que teto de gastos é "retrátil

Guedes fez palestra na Expert XP 2022, em São Paulo

03 de Agosto de 2022 as 20h15

Economia

Copom eleva juros básicos da economia para 13,75% ao ano

Taxa básica de juros está no maior nível desde janeiro de 2017

03 de Agosto de 2022 as 17h45

Economia

Benefício para caminhoneiros começa a ser pago em 9 de agosto

Portaria foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União

03 de Agosto de 2022 as 09h15

Economia

Copom define hoje a taxa básica de juros

Selic deve passar de 13,25% para 13,75% ao ano

03 de Agosto de 2022 as 08h30

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO