Economia

Brasil tem novas regras para pagamento e transferência internacionais

Medidas foram aprovadas pelos CMN e Banco Central

Fonte:EBC
09 de Setembro de 2021 as 12h 00min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

O Conselho Monetário Nacional (CMN) e o Banco Central (BC) alteraram a regulamentação cambial e de capitais internacionais para alinhá-las às inovações tecnológicas e aos novos modelos de negócios sobre pagamentos e transferências internacionais. “As novas regras buscam promover um ambiente mais competitivo, inclusivo e inovador para a prestação de serviços aos cidadãos e empresas que enviam ou recebem recursos do exterior”, informou o BC.

As novas medidas permitirão que as instituições de pagamento (IPs), as fintechs, autorizadas a funcionar pelo BC, também possam operar no mercado de câmbio, atuando exclusivamente em meio eletrônico. Atualmente, somente bancos e corretoras podem fazer as operações. Essa permissão entrará em vigor em 1º de setembro de 2022 e as demais medidas em 1º de outubro deste ano.

De acordo com o BC, as instituições não bancárias autorizadas a operar no mercado de câmbio, como corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários e corretoras de câmbio e instituições de pagamento, poderão utilizar diretamente suas contas em moeda estrangeira mantidas no exterior para liquidar operações realizadas no mercado de câmbio.

Os exportadores brasileiros também poderão receber suas receitas em conta de pagamento mantida em seu nome em instituição financeira no exterior ou em conta no exterior de instituição não bancária autorizada a operar no mercado de câmbio

As novas regulamentações também permitem que o recebimento ou entrega dos reais em operações de câmbio, sem limitação de valor, também possa ocorrer a partir de conta de pagamento do cliente mantida em instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo BC ou em IPs participantes do PIX.

Ainda será permitido que residentes, domiciliados ou com sede no exterior sejam titulares de contas de pagamento pré-paga em reais.

Serviços de transferência

Em nota, o BC explicou que também será consolidada e modernizada a regulamentação dos serviços de pagamento ou transferência internacional no mercado de câmbio, conferindo tratamento uniforme para as aquisições de bens e serviços realizadas com a participação de emissores de cartão de uso internacional, de empresas facilitadoras de pagamentos internacionais e de intermediários e representantes em aquisições de encomendas internacionais. Tais serviços passarão a ser referidos na regulamentação cambial pelo termo eFX.

Nesse sentido, será permitida, por meio da plataforma eFX, a realização de transferências unilaterais correntes e de transferências de recursos entre contas mantidas pelo cliente no país e no exterior de até US$ 10 mil.

As normas aprovadas foram objeto da Consulta Pública nº 79/2020, disponível entre 12 de novembro de 2020 e 29 de janeiro de 2021. A modernização do sistema de câmbio e a introdução de novas tecnologias também abrem caminho para a implementação do PIX internacional, ferramenta ainda em estudo no BC que permitirá a transferência em tempo real de recursos do Brasil para o exterior.

Na página do BC, há um espaço de perguntas e respostas sobre a nova regulamentação.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

CMN remaneja R$ 1,3 bi para cafezais afetados por geadas

Órgão também facilitou compra de máquinas por agricultores familiares

21 de Outubro de 2021 as 21h00

Economia

Secretários do Ministério da Economia pedem exoneração

Pasta disse que as decisões foram de ordem pessoal

21 de Outubro de 2021 as 18h00

Economia

Aneel reajusta tarifa de distribuidoras de Goiás, Brasília e São Paulo

Revisões tarifárias estão previstas nos contratos de concessão

21 de Outubro de 2021 as 15h00

Economia

Sefaz notifica revendedores de combustíveis por irregularidades no recolhimento do ICMS

Ação resultou no recolhimento de R$ 18,5 milhões

21 de Outubro de 2021 as 09h30

Economia

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em fevereiro

Também recebem hoje inscritos no Bolsa Família com NIS 4

21 de Outubro de 2021 as 05h15

Economia

Auxílio Brasil: Guedes afirma que governo usará R$ 30 bi fora to teto

Compromentimento com equilíbrio fiscal será mantido, afirmou ministro

20 de Outubro de 2021 as 18h45

Economia

Insuficiência para cumprir regra de ouro cai para R$ 93,9 bilhões

Retomada da economia e esforços de ajuste fiscal reduziram estimativa

20 de Outubro de 2021 as 17h45

Economia

Varejo paulistano cresceu 33,8% na primeira quinzena de outubro

Setor ainda não recuperou os patamares anteriores à pandemia

20 de Outubro de 2021 as 17h00

Economia

Taxa média do empréstimo pessoal varia 0,95% em outubro, diz Procon-SP

Taxa do cheque especial permanece a taxa de 7,96% ao mês

20 de Outubro de 2021 as 11h15

Economia

Intenção de consumo das famílias se mantém estável em outubro

Pesquisa foi feita pela CNC

20 de Outubro de 2021 as 10h15

Economia

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em janeiro

Também recebem hoje inscritos no Bolsa Família com NIS 3

20 de Outubro de 2021 as 05h15

Economia

Petrobras tem demanda para novembro acima da capacidade de produção

Estatal diz que teve pedidos de gasolina e diesel muito acima da média

19 de Outubro de 2021 as 18h30

Economia

PIB recua 1% em agosto, aponta Ibre/FGV

Na comparação interanual, a economia avançou 4,4%

19 de Outubro de 2021 as 11h00

Economia

Nascidos em novembro e dezembro podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 2 e 3 de outubro

19 de Outubro de 2021 as 05h45

Economia

Intenção de compra cresce 0,68% no 4º trimestre, diz pesquisa

Em relação ao trimestre anterior, alta deve ser 0,52%

18 de Outubro de 2021 as 19h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO