Economia

Contas públicas fecham outubro com saldo positivo de R$ 28,195 bilhões

Esse foi o maior superávit para o mês desde 2016

Fonte:EBC
29 de Novembro de 2021 as 15h 00min


Com o crescimento da arrecadação e a redução das despesas geradas pela pandemia de covid-19, o Governo Central, formado por Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, registrou superávit de R$ 28,195 bilhões, em outubro. Esse foi o maior resultado positivo para o mês desde outubro de 2016, quando foi registrado superávit primário de R$ 51,756 bilhões (valor corrigido pela inflação). A informação foi divulgada hoje (29) pela Secretaria do Tesouro Nacional.

O resultado primário é formado por receita menos despesas, sem considerar os gastos com juros.

Em outubro do ano passado, o Governo Central registrou déficit de R$ 3,783 bilhões (valor corrigido pela inflação). De acordo com o Tesouro, em outubro de 2021 comparado a igual mês do ano passado, houve um aumento real (descontada a inflação) de 5,9% (crescimento de R$ 8,7 bilhões) da receita líquida e um decréscimo real de 15,4% (menos R$ 23,3 bilhões) das despesas totais.

“A diminuição nas despesas primárias em outubro de 2021 em comparação com o mesmo mês do ano anterior foi influenciada principalmente pela redução nos gastos em resposta aos efeitos socioeconômicos da crise provocada pela covid-19”, diz relatório do Tesouro Nacional.

Os créditos extraordinários e o apoio financeiro a estados e municípios apresentaram redução de R$ 22,8 bilhões e de R$ 4 bilhões, respectivamente, quando comparados a outubro de 2020. Por outro lado, naquele mês de 2020 houve devolução à União de R$ 6,8 bilhões destinados ao Programa Emergencial de Suporte a Empregos (Pese), evento sem equivalente em outubro de 2021, acrescentou o Tesouro.

Com o número de outubro, o resultado acumulado em dez meses totaliza um déficit primário de R$ 53,404 bilhões, ante saldo negativo de R$ 767,421 bilhões (valor corrigido pela inflação) no mesmo período de 2020. Esse foi menor resultado negativo acumulado de janeiro a outubro desde 2015, quando ficou em R$ 51,587 bilhões.

Meta

Para este ano, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) estabelece meta de déficit de R$ 247,1 bilhões para o Governo Central, mas projeto de lei aprovado no fim de abril permite o abatimento da meta de até R$ 40 bilhões de gastos com o enfrentamento da pandemia de covid-19.

Dívida pública

O Tesouro Nacional também divulgou hoje o Relatório de Projeções da Dívida Pública. Segundo o relatório, a Dívida Pública do Governo Geral (DBGG) deve fechar 2021 com uma queda superior a 8 pontos percentuais do PIB (Produto Interno Bruto – soma de todos os bens e serviços produzidos no país) em relação a 2020, “o que mostra reversão importante do aumento registrado no ano anterior em decorrência da queda de arrecadação e das medidas fiscais de enfrentamento à pandemia da covid-19”.

A previsão é que a DBGG termine 2021 em 80,6% do PIB. “De 2022 em diante, espera-se uma redução gradual nesse indicador, que atingiria um patamar de 76,6% do PIB em 2030. Essa trajetória é fruto, basicamente, do efeito do crescimento do PIB nominal e dos superávits primários esperados a partir de 2024”.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

Pagamento do Auxílio Gás também começa hoje

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada

Valor será de R$ 2 mil este mês para motoristas de carga

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

IBGE: IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa desde 1980

Queda na inflação oficial foi puxada pela redução nos combustíveis

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa da série histórica

Queda na inflação oficial foi puxada pela redução nos combustíveis

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Índice Nacional da Construção Civil sobe 1,48% em julho

Custo da construção, por metro quadrado, é de R$ 1.652,27

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Inflação para famílias de renda mais baixa cai 0,60%

É a menor variação desde o início da série histórica em 1979

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Estímulos fiscais temporários pressionam inflação, diz Banco Central

Meta a ser definida é 3,5% para este ano

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Rentabilidade dos bancos retorna ao nível pré-pandemia

Avaliação é do Banco Central, no Relatório de Estabilidade Financeira

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Inflação dos aluguéis residenciais sobe 1,05% em julho, diz FGV

Acumulado de 12 meses ficou em 8,65%

09 de Agosto de 2022 as 12h00

Economia

Entidades do setor produtivo criticam alta da Selic

Para CNI, elevação diminuirá produção, consumo e emprego

03 de Agosto de 2022 as 21h00

Economia

Ministro da Economia diz que teto de gastos é "retrátil

Guedes fez palestra na Expert XP 2022, em São Paulo

03 de Agosto de 2022 as 20h15

Economia

Copom eleva juros básicos da economia para 13,75% ao ano

Taxa básica de juros está no maior nível desde janeiro de 2017

03 de Agosto de 2022 as 17h45

Economia

Benefício para caminhoneiros começa a ser pago em 9 de agosto

Portaria foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União

03 de Agosto de 2022 as 09h15

Economia

Copom define hoje a taxa básica de juros

Selic deve passar de 13,25% para 13,75% ao ano

03 de Agosto de 2022 as 08h30

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO