Economia

Copom aumenta taxa básica de juros para 9,25% ao ano

Essa foi sétima alta consecutiva

Fonte:EBC
08 de Dezembro de 2021 as 18h 00min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Com o aumento da inflação, o Banco Central fez mais um ajuste nos juros básicos para tentar segurar a alta dos preços. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou hoje (8) a taxa básica de juros, a Selic, de 7,75% para 9,25% ao ano. A decisão era esperada por analistas do mercado financeiro.

Esse foi o sétimo reajuste consecutivo na taxa Selic, depois de passar seis anos sem elevação. De março a junho, o Copom elevou a taxa em 0,75 ponto percentual em cada encontro. No início de agosto, o BC passou a aumentar a Selic em 1 ponto a cada reunião. Na última reunião, em outubro, o reajuste chegou a 1,25 ponto percentual.

Inflação

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em outubro, o índice ficou em 1,25%, o maior para o mês desde 2002 (1,31%). Em 12 meses, o IPCA chegou a 10,67%.

Para o mercado financeiro, o IPCA deve chegar a 10,18%, neste ano. Tanto o resultado em 12 meses quanto a previsão para o ano estão acima do teto da meta de inflação para o ano. Para 2021, o Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou a meta de inflação em 3,75%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual. Ou seja, o limite superior é 5,25% e o inferior, 2,25%.

Crédito mais caro

A elevação da taxa Selic ajuda a controlar a inflação. Isso porque juros maiores encarecem o crédito e desestimulam a produção e o consumo. Por outro lado, taxas mais altas dificultam a recuperação da economia.

Ao reduzir os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de subir.

A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Faturamento da indústria de máquinas e equipamentos sobe 21,6% em 2021

Exportações e importações do setor também cresceram, diz Abimaq

26 de Janeiro de 2022 as 17h45

Economia

Reajuste médio dos salários ficou abaixo do INPC em dezembro

Dados são do boletim da Fipe

26 de Janeiro de 2022 as 16h30

Economia

Dívida pública fecha 2021 acima de R$ 5,6 trilhões

Redução de gastos com a pandemia segurou crescimento

26 de Janeiro de 2022 as 16h00

Economia

Dívida pública pode alcançar até R$ 6,4 trilhões em 2022

Números foram divulgados pelo Tesouro Nacional

26 de Janeiro de 2022 as 15h15

Economia

Pequenas empresas são responsáveis por 70% dos novos empregos

Pesquisa, referente a novembro de 2021, é do Sebrae

26 de Janeiro de 2022 as 14h45

Economia

Prévia da inflação, IPCA-15 de janeiro fica em 0,58%, informa IBGE

Índice desacelerou com queda na gasolina, apesar da alta nos alimentos

26 de Janeiro de 2022 as 10h00

Economia

Índice de Confiança da Construção recua 3,9 pontos em janeiro

Em médias móveis trimestrais, o índice caiu 1,1 ponto

26 de Janeiro de 2022 as 09h45

Economia

Índice Nacional de Custo da Construção sobe 0,64% em janeiro

Com o resultado, o índice acumula alta de 13,7% em 12 meses

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Economia

BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

Perspectiva de captação passa de R$ 200 milhões para R$ 300 milhões

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Economia

Projeto preserva cultura da pesca artesanal de mexilhões em Niterói

Resultados práticos devem ser apresentados em três meses

26 de Janeiro de 2022 as 05h45

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Valor mínimo para cada família é R$ 400

26 de Janeiro de 2022 as 05h15

Economia

Correntistas resgatam R$ 900 mil esquecidos em bancos, segundo BC

Cerca de 79 mil pessoas consultaram nova ferramenta do Registrato

25 de Janeiro de 2022 as 18h30

Economia

Arrecadação federal soma R$ 1,87 trilhão e bate recorde em 2021

Recuperação da economia e impostos sobre lucros garantem crescimento

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Economia

Governo destina R$ 500 mil para 126 entidades sociais através do Programa Nota MT

O resultado das doações está disponível no site do Nota MT, na opção Doe Sua Nota

25 de Janeiro de 2022 as 16h00

Economia

Confiança do empresário do comércio sobre 1,4% em janeiro, diz CNC

Indicador alcançou maior nível desde o início da pandemia de covid-19

25 de Janeiro de 2022 as 11h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO