Economia

Falta de material e custos impactam a indústria da construção

Situação persiste pelo quinto trimestre seguido

Fonte:EBC
25 de Outubro de 2021 as 15h 15min

© Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil

Pelo quinto trimestre consecutivo, a falta de material da construção e o aumento dos custos continuam sendo os principais problemas da indústria da construção, segundo a pesquisa Sondagem Indústria da Construção, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com o apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), divulgada hoje (25). Os dois itens foram citados por 54,2% dos empresários entrevistados.

Apesar de continuar preocupando os empresários, a pesquisa mostra que houve uma pequena redução em relação ao trimestre anterior, quando 55,5% dos entrevistados manifestaram preocupação com a falta de materiais.

Os números também mostram que houve um aumento da preocupação do empresariado com a elevação da taxa de juros, ganhando força na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano. Enquanto no segundo trimestre menos de 10% dos empresários manifestaram preocupação com os juros, no terceiro trimestre esse número aumentou para 16%.

De acordo com a CBIC, a alta pode ser comprovada pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) para materiais e equipamentos, que acumulou, nos últimos 12 meses encerrados em setembro, alta de 30,24%, um recorde para o período, na era pós-real.

“Os insumos que mais influenciaram esse aumento, segundo o INCC, foram os vergalhões e arames de aço ao carbono, os tubos e conexões de ferro e aço e os tubos e conexões de PVC. A alta de custos é o principal problema da indústria, na visão dos empresários”, informou a CBIC.

Os números mostram ainda que mesmo com a falta de materiais e o aumento dos juros, há uma expectativa do segmento de que o Produto Interno Bruto (PIB) do setor suba para 5% neste terceiro trimestre, o que seria o maior crescimento dos últimos 10 anos.

A alta é puxada pela melhora no nível de atividade da construção, que voltou a ficar positivo em setembro, com 50,5 pontos, após apresentar pequeno recuo em agosto.

A melhora das atividades da construção no terceiro trimestre, o incremento do financiamento imobiliário, a demanda consistente, o avanço do processo de vacinação, a desaceleração do aumento de preços dos materiais de construção, mesmo que modesta, e a continuidade de pequenas obras e reformas são algumas das razões que ajudam a justificar a projeção atual.

Outro indicador que favorece a expectativa é o do mercado de trabalho formal da construção, que registra resultados positivos nos oito primeiros meses do ano. Nesse período, a construção civil gerou 237.985 novos postos de trabalho com carteira assinada.

Com o resultado, o setor fechou agosto com 2,512 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Esse número não era atingido desde novembro de 2015.

Os dados também mostram que a Utilização da Capacidade Operacional (UCO) encerrou o mês de setembro em 65%, valor que é superior a sua média histórica, de 62%.

Contudo, o crescimento de 5%, aguardado pelo segmento este ano, não indica recuperação do seu pico de atividades. Mesmo crescendo cerca de 5% este ano, o seu patamar de atividades ainda está baixo, diz o CBIC.

Para que o setor da construção volte ao pico de atividades, registrado em 2014, ele precisa manter o crescimento de 5% ao ano até 2028. Se a expansão média ficar no patamar de 3% ao ano, a recuperação do nível máximo de atividades ficará para 2033.

Na avaliação do presidente da CBIC, José Carlos Martins, os números mostram que o setor poderia ter um crescimento maior, não fosse a falta de materiais e os aumentos das taxas de juros.

“Os números apresentados comprovam que a indústria da construção é realmente uma Ferrari com freio puxado. Estamos andando bem, mas poderíamos andar muito mais. Difícil achar outro setor que sofreu uma inflação como o nosso, e o tanto que esse fator inibiu nossa capacidade de contribuir com o crescimento do PIB”, disse.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Juros cobrados de empresas e famílias sobem em outubro, diz BC

Taxa chegou a 32,8% ao ano, a maior desde março de 2020

26 de Novembro de 2021 as 10h45

Economia

Ministério divulga estudo prevendo “revolução” no setor energético

Áreas em que há digitalização ficam mais competitivas e eficientes

26 de Novembro de 2021 as 10h15

Economia

Pedidos de cancelamento do IPVA 2021 são deferidos de forma automática pela Sefaz

Processos serão auditados posteriormente pela secretaria para verificar o cumprimento dos requisitos para fruição do benefício

26 de Novembro de 2021 as 10h00

Economia

Pretos e pardos têm maior perda de qualidade de vida que brancos

IBGE apresenta índice multidimensional pela primeira vez

26 de Novembro de 2021 as 09h45

Economia

BC regulamenta Pix Saque e Pix Troco

Novas modalidades estarão disponíveis na próxima segunda-feira

26 de Novembro de 2021 as 09h15

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

26 de Novembro de 2021 as 05h45

Economia

Empresas estaduais e municipais poderão pegar R$ 3 bi emprestados

Novo sublimite foi aprovado pelo Conselho Monetário Nacional

25 de Novembro de 2021 as 20h30

Economia

Petrobras investirá R$16 bilhões na Bacia de Campos em 5 anos

Montante é 23% do total de investimentos previstos para o período

25 de Novembro de 2021 as 20h00

Economia

Atividade econômica cresceu 2% em outubro, mostra novo indicador

Ministério da Economia passará a divulgar estimativa todos os meses

25 de Novembro de 2021 as 16h15

Economia

Reajustes salariais mantêm-se abaixo da inflação em outubro, diz Fipe

São Paulo e Minas concentram maioria dos acordos negocuiados

25 de Novembro de 2021 as 14h45

Economia

Contas externas têm saldo negativo de US$ 4,5 bilhões em outubro

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 26,7 bilhões

25 de Novembro de 2021 as 12h30

Economia

Índice de Confiança da Construção recua pelo segundo mês, diz FGV

Essa foi a segunda queda consecutiva do indicador

25 de Novembro de 2021 as 09h45

Economia

IPCA-15: prévia da inflação sobe 1,17% em novembro

Acumulado em 12 meses fica em 10,73%, impactado pela alta na gasolina

25 de Novembro de 2021 as 09h15

Economia

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

25 de Novembro de 2021 as 05h15

Economia

Petrobras anuncia investimentos de US$ 68 bilhões nos próximos 5 anos

Valor é 24% superior ao investido no plano anterior

24 de Novembro de 2021 as 21h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO