Economia

IBGE: aumenta emprego formal e informal, mas cai rendimento médio

Trabalho com carteira assinada subiu 4,2%; sem carteira aumentou 10,1%

Fonte:EBC
27 de Outubro de 2021 as 11h 30min

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado somou 31 milhões de pessoas no trimestre móvel encerrado em agosto, uma alta de 4,2% na comparação com o trimestre encerrado em maio e de 6,8% em relação ao mesmo trimestre de 2020. Já os empregados sem carteira assinada no setor privado ficaram em 10,8 milhões, uma alta de 10,1% no trimestre e de 23,3% no ano, as maiores variações da série histórica.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua Mensal, divulgados hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de desocupação fechou o trimestre móvel encerrado em agosto em 13,2%, queda de 1,4 ponto percentual na comparação com o trimestre terminado em maio, ficando em 13,7 milhões de pessoas.

De acordo com a analista da pesquisa, Adriana Beringuy, o nível de ocupação se recuperou e passou de 50%, depois de chegar a 46,8% em agosto de 2020. Porém, ela destaca que a base de comparação de um ano atrás estava muito baixa.

“Os percentuais de variações nas comparações anuais estão bastante significativos, obviamente que pela recuperação em si do mercado de trabalho, que temos observado nos últimos meses, mas também a base de comparação com agosto de 2020, que foi o momento em que as condições de ocupação eram as mais baixas da série. Foi um ponto bastante deprimido da série de ocupação, com 81,7 milhões de pessoas. Agora, a gente tem 90,2 milhões de pessoas ocupadas.”

O número de empregadores foi de 3,8 milhões em agosto, estável nas duas comparações. Os empregados no setor público somaram 11,6 milhões de pessoas, incluindo estatutários e militares, uma queda de 3,1%. As trabalhadoras domésticas somam 5,5 milhões, um aumento de 9,9% em relação ao trimestre encerrado em maio e mais 21,2% na comparação com agosto de 2020.

Informalidade

O número de trabalhadores por conta própria ficou em 25,4 milhões de pessoas, recorde da séria histórica, com altas de 4,3% no trimestre e de 18,1% na comparação anual. A taxa de informalidade foi de 41,1% da população ocupada no trimestre, o que equivale a 37,1 milhões de trabalhadores informais no país. No trimestre encerrado em maio, a taxa ficou em 40% e no mesmo trimestre de 2020 estava em 38,0%.

Adriana ressalta que, apesar da expansão das pessoas ocupadas, o rendimento real habitual caiu 4,3% na comparação trimestral e 10,2% na anual, ficando em R$ 2.489 em agosto, as maiores quedas percentuais da série histórica, reflexo do aumento da informalidade.

“A gente tem um processo de crescimento significativo dos contingentes, então numericamente tem uma população ocupada que de fato avança bastante, mas por outro lado tem indicadores associados ao conjunto da força de trabalho que ainda apresentam um quantitativo que é desfavorável. A gente está operando com rendimento em queda, ou seja, embora haja mais pessoas trabalhando, a remuneração desse contingente maior é, em média, menor”.

A massa de rendimento real habitual ficou estável em R$ 219,2 bilhões.

Atividades

Por grupamentos de atividades, houve alta na comparação trimestral na indústria geral (5,3%), na construção (10,0%), no comércio (7,8%), transporte, armazenagem e correio (4,9%), alojamento e alimentação (10,2%) e serviços domésticos (9,7%). Foram observadas quedas de 2,2% na administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais.

Na comparação anual, as altas foram observadas na agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (9,2%), indústria geral (9,4%), construção (24,7%), comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (11,1%), transporte, armazenagem e correio (12,9%), alojamento e alimentação (23,9%), informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (8,9%), outros serviços (7,8%) e serviços domésticos (21,3%). Os demais grupamentos ficaram estáveis.

A população em idade de trabalhar se mantém estável em 177,2 milhões de pessoas e a população na força de trabalho soma 103,8 milhões, um aumento de 2,3% em relação ao trimestre móvel encerrado em maio.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Juros cobrados de empresas e famílias sobem em outubro, diz BC

Taxa chegou a 32,8% ao ano, a maior desde março de 2020

26 de Novembro de 2021 as 10h45

Economia

Ministério divulga estudo prevendo “revolução” no setor energético

Áreas em que há digitalização ficam mais competitivas e eficientes

26 de Novembro de 2021 as 10h15

Economia

Pedidos de cancelamento do IPVA 2021 são deferidos de forma automática pela Sefaz

Processos serão auditados posteriormente pela secretaria para verificar o cumprimento dos requisitos para fruição do benefício

26 de Novembro de 2021 as 10h00

Economia

Pretos e pardos têm maior perda de qualidade de vida que brancos

IBGE apresenta índice multidimensional pela primeira vez

26 de Novembro de 2021 as 09h45

Economia

BC regulamenta Pix Saque e Pix Troco

Novas modalidades estarão disponíveis na próxima segunda-feira

26 de Novembro de 2021 as 09h15

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

26 de Novembro de 2021 as 05h45

Economia

Empresas estaduais e municipais poderão pegar R$ 3 bi emprestados

Novo sublimite foi aprovado pelo Conselho Monetário Nacional

25 de Novembro de 2021 as 20h30

Economia

Petrobras investirá R$16 bilhões na Bacia de Campos em 5 anos

Montante é 23% do total de investimentos previstos para o período

25 de Novembro de 2021 as 20h00

Economia

Atividade econômica cresceu 2% em outubro, mostra novo indicador

Ministério da Economia passará a divulgar estimativa todos os meses

25 de Novembro de 2021 as 16h15

Economia

Reajustes salariais mantêm-se abaixo da inflação em outubro, diz Fipe

São Paulo e Minas concentram maioria dos acordos negocuiados

25 de Novembro de 2021 as 14h45

Economia

Contas externas têm saldo negativo de US$ 4,5 bilhões em outubro

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 26,7 bilhões

25 de Novembro de 2021 as 12h30

Economia

Índice de Confiança da Construção recua pelo segundo mês, diz FGV

Essa foi a segunda queda consecutiva do indicador

25 de Novembro de 2021 as 09h45

Economia

IPCA-15: prévia da inflação sobe 1,17% em novembro

Acumulado em 12 meses fica em 10,73%, impactado pela alta na gasolina

25 de Novembro de 2021 as 09h15

Economia

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

25 de Novembro de 2021 as 05h15

Economia

Petrobras anuncia investimentos de US$ 68 bilhões nos próximos 5 anos

Valor é 24% superior ao investido no plano anterior

24 de Novembro de 2021 as 21h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO