Economia

Ministro pede apoio de servidores públicos à reforma administrativa

Possibilidade de apoio é zero, diz entidade que representa categoria

Fonte:EBC
24 de Novembro de 2021 as 14h 00min

© Wilson Dias/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu hoje (24) o apoio dos servidores públicos à proposta de reforma administrativa encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional em setembro de 2020. Segundo o ministro, se aprovada, a proposta não vai atingir “nenhum direito do funcionalismo público federal”.

Guedes fez o pedido ao participar do 1º Seminário da Corregedoria do Ministério da Economia. “Propusemos uma reforma administrativa que não iria atingir nenhum direito do funcionalismo público atual. Apenas íamos criar um filtro para valorizar o funcionalismo”, disse o ministro.

Entre as mudanças contidas na proposta, Guedes destacou o fato de o servidor não obter estabilidade ao passar no concurso público. Para conseguir a estabilidade, a pessoa aprovada em concurso terá de “ser avaliada na sua integridade, na prestação de serviço, assiduidade, capacidade de trabalhar em equipe”. explicou o ministro. “Só então ele vai merecer a estabilidade de emprego que os quadros atuais já têm.”

Portanto, acrescentou Paulo Guedes, “peço apoio do nosso funcionalismo [à proposta de reforma administrativa], porque o que estamos falando é de modernização do serviço público, digitalização, maior produtividade e meritocracia”. Dirigindo-se aos corregedores que participaram do seminário, Guedes fez elogios à “contribuição que o funcionalismo deu ao interromper, por um ano e meio, os reajustes de salários” durante a pandemia. “Mantivemos o Brasil girando, trabalhando, boa parte, em home office”, afirmou.

Contatado pela Agência Brasil, o secretário-geral da Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef), Sergio Ronaldo da Silva, disse que “a possibilidade de os servidores públicos apoiarem a proposta de reforma administrativa é zero”, uma vez que ela seria a “configuração de um desmonte do serviço público, com o intuito de repassar o que é público ao privado, por meio da Lei de Terceirização”.

“[A proposta] não terá apoio porque, em primeiro lugar, um gestor que considera funcionários públicos como inimigos ou como parasitas não merece apoio. Em segundo lugar, porque ele [Guedes], até hoje, não apresentou dados críveis. Começou dizendo que a economia com a reforma administrativa seria de R$ 300 bilhões em dez anos. Depois disse que seria de R$ 450 bilhões, e agora diz que é de R$ 800 bilhões. Cada hora ele fala um número diferente. Não dá para acreditar”, argumentou o secretário-geral da Condsef.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Copom aumenta taxa básica de juros para 9,25% ao ano

Essa foi sétima alta consecutiva

08 de Dezembro de 2021 as 18h00

Economia

Abate de frangos e suínos no Brasil registra recorde, diz IBGE

Foram abatidos 13,72 milhões de suínos e 1,54 bilhão de frangos

08 de Dezembro de 2021 as 09h45

Economia

Resolução indica INSS fixar teto de juros para empréstimo consignado

O documento está publicado hoje no Diário Oficial da União

08 de Dezembro de 2021 as 06h45

Economia

Pequenos negócios geraram quase 80% das vagas de trabalho em outubro

Levantamento é do Sebrae, com base em dados do Caged

08 de Dezembro de 2021 as 05h45

Economia

Preço médio do gás de cozinha fica em R$ 95 nos últimos seis meses

Cuiabá foi a capital com maior valor para botijão de 13 quilos

07 de Dezembro de 2021 as 16h00

Economia

Aneel aprova reajustes nas tarifas de energia do Acre e de Rondônia

Novos índices entram em vigor na próxima segunda-feira

07 de Dezembro de 2021 as 14h30

Economia

Comissão do Senado aprova PL para estabilizar preço dos combustíveis

Projeto de lei visa amortecer impacto de aumentos do petróleo no país

07 de Dezembro de 2021 as 13h30

Economia

Empregadores têm até hoje para quitar parcelas suspensas do FGTS

Pagamento termina nesta terça-feira

07 de Dezembro de 2021 as 09h00

Economia

Copom inicia reunião para definir taxa básica de juros

Selic está atualmente em 7,75% ao ano

07 de Dezembro de 2021 as 05h15

Economia

Petrobras vende três usinas termelétricas localizadas na Bahia

Operação foi concluída com pagamento de R$ 61 milhões à estatal

06 de Dezembro de 2021 as 19h45

Economia

Confira calendário de pagamentos do INSS de 2022

Depósitos seguirão a sequência de anos anteriores

06 de Dezembro de 2021 as 09h30

Economia

Indicador do mercado de trabalho atinge menor nível desde abril

Recuo foi de 4,1 pontos de outubro para novembro

06 de Dezembro de 2021 as 09h15

Economia

Agência Brasil explica como são calculados os juros

Entenda o que são juros simples, compostos e reais

06 de Dezembro de 2021 as 05h15

Economia

Copom define taxa básica de juros nesta semana

Mercado financeiro espera por nova alta da Selic para 9,25% ao ano

05 de Dezembro de 2021 as 12h30

Economia

Guedes: subida dos juros deve provocar desaceleração na economia

Para ele, política econômica segue caminho correto

04 de Dezembro de 2021 as 17h30

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO