Economia

Ministro: privatização pode aumentar recursos para infraestrutura

Guedes participou de evento da plataforma Arko Advice e Traders Club

Fonte:Agência Brasil
19 de Maio de 2022 as 14h 00min


O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu hoje (19) a privatização como forma de aumentar os investimentos em infraestrutura. Segundo o ministro, “modelo antigo”, baseado em grandes empresas estatais “se esgotou”. 

“Só uma empresa, a Cedae [Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro], quando fizemos o marco do saneamento, mobilizou em um fim de semana, aqui em São Paulo, R$ 50 bilhões. Seis vezes e meia o orçamento do ministro [da Infraestrutura]”, disse, ao comparar o resultado do leilão realizado em abril e o orçamento do Ministério da Infraestrutura. Na ocasião, foram pagos R$ 22,69 bilhões em outorgas e estão previstos R$ 30 bilhões em investimentos em 12 anos. O ministro participou de um seminário promovido pela plataforma Arko Advice e Traders Club.

Ontem (18), o plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou o modelo de privatização da Eletrobras, estatal considerada a maior empresa energética da América Latina.

IPI

Guedes afirmou ainda que a alta carga tributária tem provocado a redução da produção industrial do país nos últimos anos. “O IPI [Imposto sobre Produtos Industrializados] desindustrializou o Brasil”, enfatizou durante a palestra. Segundo o ministro, são os impostos que fazem com que o país tenha que importar produtos que poderiam ser produzidos nacionalmente. “O Brasil tem matéria-prima de toda espécie. Ou seja, tem a soja, mas, às vezes tem que trazer de fora o óleo de soja, Tem o minério de ferro, mas, às vezes, tem que trazer de fora o aço.”

Guedes disse que o governo aproveitou o aumento de arrecadação para diminuir os valores cobrados com o imposto. “Pela primeira vez, em 40 anos, nós baixamos o IPI. Ninguém fez isso antes”, destacou. Em fevereiro, uma série de produtos teve as alíquotas do IPI reduzidas em 25%, percentual que foi ampliado para 35% a partir de maio. De acordo com o Ministério da Economia, com a desoneração, a União deixará de arrecadar R$ 15,2 bilhões em 2022, R$ 27,3 bilhões em 2023 e R$ 29,3 bilhões em 2024. 

Inflação

O ministro também comentou sobre a alta inflação que, segundo ele, é um fenômeno mundial. “A inflação que tem hoje é uma inflação mundial, porque os bancos centrais dormiram no volante. O nosso [Banco Central] já acordou, saiu correndo e tomou um café: está vivo”, disse, sobre o aumento da taxa básica de juros que o Banco Central tem feito desde o ano passado para conter o aumento generalizado de preços.

De acordo com Guedes, a inflação mundial é causada por uma desorganização da produção provocada pelas medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19. “Como houve essa ruptura de cadeias produtivas, o mundo deu uma desorganizada geral. Houve um choque adverso de oferta. E ao mesmo tempo todos os governos lançaram esses programas sociais. Ou seja, a demanda aumentou forte, a oferta foi contida e a inflação global subiu.”


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Índice Geral de Preços (IGP-DI) sobe 0,62% em junho, revela pesquisa

Alta da inflação ao produtor em 12 meses é de 11,12%

07 de Julho de 2022 as 10h15

Economia

IBGE estima safra de 261,4 milhões de toneladas em 2022

Índice é 0,6% abaixo da estimativa de maio

07 de Julho de 2022 as 10h15

Economia

Postos anunciarão preço de combustível válido antes da redução do ICMS

Medida entra em vigor hoje em todo o país

07 de Julho de 2022 as 08h45

Economia

Fome atingiu 828 milhões de pessoas em 2021, mostra relatório da ONU

Documento foi lançado por 5 agências da Organização das Nações Unidas

06 de Julho de 2022 as 16h15

Economia

Brasil deve ter a maior temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos

Estimativa é de entidade que reúne empresas do setor

06 de Julho de 2022 as 15h15

Economia

Viagens têm queda de 41% entre 2019 e 2021

Informação é da PNAD Contínua Turismo 2020-2021, do IBGE

06 de Julho de 2022 as 09h15

Economia

Índice de variação dos aluguéis cai 0,31% em junho, diz FGV

Deflação foi registrada em quatro cidades brasileiras

06 de Julho de 2022 as 08h15

Economia

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco

Daniella Marques Consentino tomou posse no comando da instituição

05 de Julho de 2022 as 20h00

Economia

Dólar aproxima-se de R$ 5,40 com temor de recessão global

Bolsa cai 0,32% e fecha no menor nível em dez dias

05 de Julho de 2022 as 18h45

Economia

Servidores do Banco Central confirmam fim da greve

BC informou que divulgação de estatísticas será retomada gradualmente

05 de Julho de 2022 as 16h45

Economia

Pequenos negócios geram renda de R$ 420 bilhões por ano

Empresas de menor porte correspondem a 30% do PIB

05 de Julho de 2022 as 15h30

Economia

Pandemia faz aumentar profissionais em tecnologia e diminuir em mídia

Firjan divulgou mapeamento da indústria criativa

05 de Julho de 2022 as 15h15

Economia

Petrobras lança soluções inovadoras para empresas de tecnologia

Inscrições podem ser feitas até o dia 31 deste mês

04 de Julho de 2022 as 19h45

Economia

Sefaz emite nota informativa sobre redução do ICMS em Mato Grosso

Comunicado segue definição da Lei Complementar Federal nº 194/2022, da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, e dos Convênios ICMS 81, 82 e 83/2022

04 de Julho de 2022 as 19h30

Economia

Pelo menos 20 estados anunciaram a redução do ICMS sobre combustíveis

Governadores do Ceará e do Amazonas fizeram os anúncios nesta segunda

04 de Julho de 2022 as 18h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO