Estado

Correios ficará com o "osso" caso não seja privatizado, diz ministro

Faria diz que restará à empresa a entrega de cartas

Fonte:EBC
20 de Outubro de 2021 as 13h 15min

© Rovena Rosa/Agência Brasil

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse hoje (20) que, caso não ocorra a privatização dos Correios, a tendência é de que outras empresas “abocanhem” o filé dos serviços de logística, que é a entrega de encomendas, deixando para a estatal “apenas o osso” de seus serviços, a entrega de correspondências. 

Segundo o ministro, essa tendência já vem sendo percebida e foi reforçada durante os períodos em que os servidores dos Correios fizeram paralisações, o que levou empresas como Mercado Livre e Magalu a buscarem alternativas para a entrega de encomendas. “Quando a greve acaba, essas empresas não voltam para os Correios”, disse o ministro.

Faria teceu elogios aos Correios, mas defendeu sua privatização. “É a única empresa que está presente nos 5.568 municípios brasileiros, entregando cartas e encomendas nas regiões mais remotas do país, principalmente na Região Amazônica, onde temos dificuldades de logística”, disse. 

Faria lembrou que, das 31 mil lojas virtuais que existem no Brasil, 27,5 mil utilizam os Correios para enviarem suas encomendas. “São 2,5 milhões de pequenos negócios que fazem com que, a cada quatro encomendas, três sejam entregues pelos Correios, o que mostra a capilaridade e a importância dessa empresa para o país”, disse o ministro antes de criticar as greves e paralisações dos trabalhadores da estatal.

Correspondências são “osso”

“Nos últimos 10 anos tivemos 12 greves. Só no ano passado, teve uma paralisação de 35 dias. Nela, outras empresas como Mercado Livre e Magalu usavam praticamente apenas os Correios. Hoje essas empresas usam apenas 10%, porque elas precisam garantir a entrega. Não podiam parar”, disse Faria ao acrescentar que as empresas de varejo teriam adquirido caminhões, aviões, vans e contratado motoboys para garantir as entregas em períodos de greve.

O ministro disse que, diante dessas situações, os Correios teriam perdido entre 20% a 30% do market share de entregas de encomendas e receitas. “Vai chegar o momento em que nenhuma empresa vai se interessar pelos Correios para fazer entrega de encomendas. Restará apenas o osso para os Correios, que é a entrega de correspondências.”

Ainda segundo Faria, a maior proximidade do Brasil com os continentes africano e europeu possibilita que os Correios venham a ser a melhor empresa do setor na América Latina.

Rincões abandonados sem cidadania

Líder do PT no Senado, o senador Paulo Rocha, do Pará, disse que, a exemplo do que é observado em outros setores que tiveram estatais privatizadas, o setor privado não dará conta de resolver os problemas de falta de prestação de serviços “nos rincões” do país que tem dimensões continentais.  Rocha disse que situação similar ocorreu no setor de telecomunicações que, até hoje, não disponibilizou internet em diversas regiões e, em especial, nas escolas no interior do país.

“O Estado cumpre papel fundamental para gerar cidadãos nesses rincões. Não queremos apenas cidadãos nas regiões com estrutura. Temos de nos preocupar com aqueles que moram lá no meio da floresta. A cidadania tem de chegar também a eles, e o responsável por isso é o Estado brasileiro e os serviços públicos”, disse.

Segundo o senador, o governo só repassa, ao setor privado, os serviços públicos que geram lucros, como é o caso dos Correios e das telecomunicações. No entanto, acrescenta ele, essas empresas “só vão atrás de [locais] onde haja lucratividade”. 

“Onde não houver lucratividade, a empresa privada não vai porque sempre busca retorno [financeiro]. A universalização não chega lá, e o investimento só chegará via tarifas. Esse é um modelo que, sinceramente, não serve para o país. Não somos contra privatizações, mas há outros modelos, como o das parcerias público-privada, que buscam mediações para investimentos privados, o que pode ser feito na logística e na infraestrutura”, argumentou.

Valor da estatal

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) lembrou que, entre os serviços estratégicos prestados pelos Correios, está a entrega de 200 milhões de livros e materiais didáticos a 5.570 municípios todos os anos. “Além disso, no dia do Enem, em 3 horas apenas provas são entregues em 15 mil localidades diferentes”, acrescentou ao lembrar que as tarifas postais brasileiras estão atualmente “entre as mais baratas do mundo”.

Uma outra crítica feita pelos senadores está relacionada à impossibilidade de se definir um valor para os Correios. “Vender os Correios hoje é vender sua estrutura e sua capilaridade para chegar a todos, em um momento de ressaca ou de xepa da pandemia. Não podemos vender desesperadamente os Correios agora [porque a crise da pandemia desvalorizou empresas]. Não dá para entender isso. È um péssimo momento para fazer essa venda.”

“Capital e investimento privado são muito bem-vindos. Não há problema quanto a isso. Mas é possível conciliar. Dessa forma, fazer essa privatização é algo assustador porque a gente sequer sabe quanto valem os Correios. Não há valor definido nem estudo concreto dizendo quanto vale isso. Não é só carros e linhas aéreas. É a marca, é a universalidade e é tudo que compõe uma empresa estatal construída ao longo de tanto tempo”, argumentou Prates.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Governo vai investir R$ 12,5 milhões na manutenção das rodovias da Região Oeste

Contrato foi assinado durante visita do governador Mauro Mendes à região nesta sexta-feira (03.12)

04 de Dezembro de 2021 as 11h00

Estado

Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso promove primeira mulher ao posto de coronel

Luciana Bragança Brandão da Silva foi oficializada na nova patente durante cerimônia de comemoração ao Dia do Patrono

04 de Dezembro de 2021 as 10h45

Estado

Inscrição para 25 vagas de nível superior da Sema começa nesta segunda-feira (6)

Para concorrer é necessário realizar a inscrição pela internet até o dia 14 de dezembro; a seleção será feita por pontuação de acordo com a experiência profissional, análise curricular e de títulos

04 de Dezembro de 2021 as 10h30

Estado

Sine Estadual é inaugurado no Brasnorte

Mato Grosso conta com 33 postos de atendimento do Sine, presentes em 30 municípios do Estado

04 de Dezembro de 2021 as 10h30

Estado

Saúde repassa R$5,3 milhões para Consórcio Vale do Teles Pires realizar 19,4 mil procedimentos eletivos

Valor é referente à primeira parcela de um total de R$17,6 milhões, conforme execução da proposta apresentada pela entidade à SES

04 de Dezembro de 2021 as 07h45

Estado

“Oeste de Mato Grosso está de porteira aberta para o progresso”, afirma prefeito de Pontes e Lacerda

Mauro Mendes finalizou agenda desta sexta-feira (03.12) na Região Oeste, no município de Pontes e Lacerda, onde firmou mais 8 convênios e contratos

04 de Dezembro de 2021 as 00h00

Estado

Governo investe mais R$ 31,5 milhões em 14 municípios da Região Oeste

São obras que contam com parceria dos municípios e que vão melhorar a logística de toda a região, como pavimentação, recuperação de asfalto e construção de pontes e aduelas de concreto

03 de Dezembro de 2021 as 17h30

Estado

Sexta-feira (03): Mato Grosso registra 553.409 casos e 14.002 óbitos por Covid-19

Há 47 internações em UTIs públicas e 22 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 26% para UTIs e em 5% para enfermaria

03 de Dezembro de 2021 as 17h15

Estado

1º Comando Regional faz planejamento de reforço no policiamento da Capital

Para fortalecer a segurança durante compras e festas, a PM intensificará ações de abordagem de pessoas, rondas policiais, barreiras e checagens de veículos

03 de Dezembro de 2021 as 17h15

Estado

Coral Mato Grosso lança disco remix e documentário inspirados em linguajar cuiabano

Lançamento ocorre nesta segunda-feira (6), no Mirante das Águas; entrada gratuita

03 de Dezembro de 2021 as 16h30

Estado

PM forma 13 policiais para condução e adestramento de cães em ações policiais

No curso, os policiais foram submetidos a instruções teóricas e práticas sobre o comportamento e as técnicas de emprego de cães em operações policiais

03 de Dezembro de 2021 as 16h15

Estado

MT Hemocentro divulga calendário de dezembro para coletas de doação de sangue

Agenda prevê atividades internas e externas com participação de empresas apoiadores e entrega de camisetas aos doadores

03 de Dezembro de 2021 as 16h15

Estado

Workshop aborda áreas de influência de cavernas e alternativas para compensação ambiental

As palestras serão transmitidas pela internet por meio da plataforma YouTube entre os dias 06 e 10 de dezembro

03 de Dezembro de 2021 as 16h00

Estado

Festival Vambora promove ações culturais durante Parada do Orgulho LGBTQIA+

Patrocinado pela Secel, projeto será lançado neste sábado (04.12) com mais de 20 apresentações artísticas

03 de Dezembro de 2021 as 14h45

Estado

1ª Mostra Científica de Povos Tradicionais Quilombolas e Indígenas de Mato Grosso contará com alunos da rede estadual

Além dos jovens pesquisadores, grandes nomes nacionais e internacionais da educação participarão do evento em Cuiabá entre os dias 6 a 8 de dezembro

03 de Dezembro de 2021 as 14h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO