Estado

Governo investe R$ 10,5 milhões, recupera parte inferior da Trincheira Jurumirim e libera trânsito na região

Obra, que está orçada em R$ 14 milhões, segue agora para a parte superior do complexo viário

Fonte:Secom Mato Grosso
28 de Janeiro de 2022 as 11h 30min

Trânsito na trincheira Jurumirim foi liberado nesta sexta-feira (28.01) - Foto por: Mayke Toscano/Secom-MT

O Governo de Mato Grosso liberou, na manhã desta sexta-feira (28.01), o trânsito na parte inferior do Complexo Viário Engenheiro José Luiz Borges Garcia, a Trincheira Jurumirim, que foi projetada para a Copa do Mundo e nunca entregue oficialmente ao Estado, uma vez que precisou passar por intervenções de recuperação da obra.

Para recuperar as paredes e a pista da parte interna da estrutura, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) investiu até o momento R$ 10,5 milhões.

A partir de agora, serão realizadas intervenções na parte superior do local. O orçamento total da obra é de R$ 14,2 milhões, em recursos próprios do Governo do Estado.

O governador Mauro Mendes, que percorreu o trecho liberado e conferiu alguns detalhes da obra, afirmou que a intervenção foi feita para dar condições adequadas a essa importante estrutura da mobilidade urbana da capital.

“Era uma obra lamentável, com muitos vícios, muitas falhas de construção, pavimento comprometido. A Sinfra-MT fez todo o projeto, estamos liberando essa etapa e agora vamos para a parte superior. É mais uma daquelas obras da Copa que estamos colocando em condições adequadas, para que a gente possa sepultar de vez essa parte da história que não orgulha nenhum de nós”, afirmou ele.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, destacou que essa é uma importante etapa para a conclusão da obra, mas lembrou que ela ainda não está pronta. “Temos hoje já 80% da solução do problema da trincheira Jurumirim, mas agora temos que resolver a parte de cima e começar o trabalho o mais rápido possível, inclusive para não prejudicar tudo o que foi feito na parte inferior”.

O que foi feito

Iniciada em junho de 2021, a recuperação da trincheira buscou resolver uma série de patologias apresentadas desde 2014. Foi retirada toda a capa asfáltica e refeito o sistema de drenagem e de base. O sistema de iluminação também precisou ser trocado, para garantir luminosidade adequada à trincheira e garantir maior segurança aos condutores.

Interdições parciais

Sobre os serviços a serem realizados na parte superior, o secretário Marcelo de Oliveira explicou que não haverá interdição total, que a intenção é realizar os trabalhos em partes, como forma de não prejudicar os motoristas e o comércio.

“Faremos isso para não prejudicar o comércio, que sofreu na época que a obra foi construída, sofreu durante a pandemia, agora com essa correção. Vamos falar com a empresa para fazer serviços no período noturno e nos fins de semana, para não comprometer a região e em até 90 dias estará tudo pronto”.

Entre os serviços a serem realizados na parte superior está a troca das juntas de dilatação, equipamentos fundamentais para a estrutura da trincheira e que estão danificados. Também serão corrigidos problemas nas rotatórias, patologias no asfalto e aplicação de microrrevestimento e sinalização.

Histórico da Obra

A trincheira Jurumirim/Trabalhadores começou a ser construída em 29 de março de 2012, dentro do pacote de obras para a Copa do Mundo de 2014. Com orçamento inicial de R$ 39,3 milhões, a obra foi paralisada em julho de 2014, já tendo custado R$ 50,5 milhões e com 98% dos serviços executados pelo Consórcio Sobelltar.

No fim de 2014, começaram a surgir infiltrações nas paredes da trincheira e defeitos no pavimento da parte interna. O Governo tentou negociar com o Consórcio responsável, mas não obteve um acordo e agora busca a sua responsabilização.

A atual gestão realizou estudos para identificar as causas dos problemas e suas soluções. Após a finalização dos estudos, foi realizado procedimento licitatório, que apontou o consórcio LM Cuiabá como vencedor, com um valor de R$ 14.200.437,44.

Após a assinatura do contrato, a Sinfra-MT realizou reuniões com a Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá, solicitando apoio para o início das obras. A prefeitura fez uma série de exigências e condicionou a liberação ao término de outra obra, realizada pela própria prefeitura. Devido a isso, a obra começou apenas em 08 de junho de 2021, atrapalhando o cronograma proposto pela Sinfra-MT.

"Apesar dos entraves, essa primeira etapa está entregue. Os cidadãos agora podem trafegar pela trincheira com segurança e conforto", finalizou o governador.

Também acompanharam a liberação da parte interna da trincheira os deputados estaduais Wilson Santos e Paulo Araújo, além de secretários de Estado e outras autoridades.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Quatro motoristas são presos em flagrante por embriaguez em avenida de Cuiabá

Nessa operação, 187 veículos passaram por vistoria, dos quais 41 tiveram de ser removidos por falta de condições para circular e documentação, entre outras irregularidades

22 de Maio de 2022 as 15h45

Estado

Beach tenista Denise Porto é a convidada do Sem Censura desta segunda

Tênis de praia é fenômeno nacional e tem 600 mil jogadores no país

22 de Maio de 2022 as 11h15

Estado

Mega-Sena acumula e próximo prêmio é estimado em R$ 65 milhões

Próximo concurso será na quarta-feira

22 de Maio de 2022 as 09h45

Estado

Cine Teatro Cuiabá celebra 80 anos de história

O historiador Aníbal Alencastro revela curiosidades sobre o mais charmoso dos aparelhos culturais da capital. Documentário exalta as memorias de Aníbal Alencastro nesta terça-feira (24.05), às 19h

22 de Maio de 2022 as 08h15

Estado

Ciopaer atuou em 344 ocorrências no primeiro quadrimestre de 2022

No total, foram atendidas 16 ocorrências de resgate, salvamento e busca; apreendidos 167 quilos de drogas, 11 armas de fogo; recuperados 19 veículos; e detidos 11 infratores

22 de Maio de 2022 as 08h15

Estado

Curso capacita médicos para determinação de morte encefálica

SES-MT foi responsável pela seleção e inscrição dos profissionais, além de intermediar a capacitação no Estado

22 de Maio de 2022 as 08h15

Estado

Serviço de bordo em voos nacionais começa a ser retomado neste domingo

Liberação foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária

22 de Maio de 2022 as 07h45

Estado

Crise climática pode ser combatida com monetização de reflorestamento

Brasil tem vantagem competitiva com créditos de carbono

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

EBC é líder de ranking de desempenho de empresas estatais pela 3ª vez

Empresa venceu na categoria Empresas Estatais Dependentes da União

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

Governo de MT investe R$ 280 milhões e entrega 600 novos ônibus escolares

O Governo de Mato Grosso investiu R$ 280 milhões para renovar a frota do transporte escolar nos 141 municípios do Estado. Ao todo, são entregues 600 novos ônibus, que vão atender aos alunos da zona rural.

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

Governo investe na construção de Centro Logístico de Abastecimento e Distribuição

Obra já está em andamento e, até o momento, foram feitas terraplanagem, fundação, produção e instalação de estruturas metálicas

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 53 milhões

Apostas podem ser feitas até as 19h

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

Rio ganha Observatório de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

Observatório foi criado pela Universidade Veiga de Almeida

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

Junho é o mês da Maratona?em Defesa?dos?Usuários?de Serviços Públicos

Ouvidorias têm até 10 de junho para aderir e engajar cidadãos

21 de Maio de 2022 as 23h30

Estado

Massa de ar frio começa a se dissipar, mas temperatura ainda é baixa

Previsão para este domingo é de geada no Sul e no Sudeste

21 de Maio de 2022 as 23h30

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO