Estado

Inmet prevê chuvas e temperaturas irregulares devido a La Niña

Perspectivas climáticas para a primavera foram anunciadas hoje

Fonte:EBC
21 de Setembro de 2021 as 16h 30min

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que, durante a primavera, que começa amanhã (22), os efeitos do fenômeno climático La Niña se farão sentir moderadamente em parte do Brasil, podendo afetar a regularidade das chuvas, principalmente na faixa centro-norte do país.

“Estamos esperando [a ocorrência do] La Niña durante a primavera, mas [o fenômeno] deverá ser de curta duração e não muito intenso”, disse, hoje (21), a coordenadora de Meteorologia Aplicada, Desenvolvimento e Pesquisa do Inmet, Márcia dos Santos Seabra, durante evento virtual em que o instituto, vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), tratou das perspectivas climáticas para a primavera deste ano.

Segundo a meteorologista, a probabilidade de que algumas condições climáticas associadas a La Niña ocorram durante a primavera é de 70%. E a tendência para o quarto trimestre do ano é que o volume de chuvas supere a média histórica em boa parte das regiões Centro-Oeste e Norte do país, mas fique abaixo da média na Região Sul e em partes de São Paulo e de Mato Grosso do Sul, principalmente durante os meses de outubro e novembro, período em que a irregularidade das chuvas tende a ser maior. Já para a Região Nordeste, a previsão para a primavera indica chuvas iguais ou superiores à média histórica, com exceção de algumas localidades do sudeste do Piauí e do norte da Bahia, onde a precipitação pode ser abaixo da médica histórica da estação.

Ainda de acordo com Márcia, em novembro, a temperatura média deve ficar ligeiramente abaixo da média histórica em áreas da Região Sudeste e do leste da Bahia, o que também pode ocorrer no Amazonas, em dezembro. Ainda assim, em grande parte do restante do país, a temperatura deve ficar dentro da faixa normal, principalmente na região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

O prognóstico, no entanto, depende da combinação de uma série de fatores capazes de influenciar o regime de chuvas, como as temperaturas na superfície do Oceano Atlântico, em particular na área oceânica próxima à costa do Uruguai e da região Sul do Brasil.

Menos chuvas

Embora seja um período de transição entre as estações seca e chuvosa no setor central brasileiro, uma menor precipitação pluviométrica vem sendo registrada ano após ano, já há muito tempo, conforme apontou a meteorologista.

“Desde 1961, durante a primavera, o volume de chuvas vem caindo em todo o Brasil. Essa tendência se acentuou a partir dos anos 2000, principalmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste”, acrescentou Márcia, destacando as consequências dessa situação para a Bacia do Rio Paraná, que abrange seis estados (Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e São Paulo), além do Distrito Federal, atende a cerca de 70 milhões de brasileiros e abastece a diversos grandes reservatórios d´água da região mais industrializada do país, incluindo Itaipu.

Desde maio deste ano, quando o Sistema Nacional de Meteorologia, formado por vários órgãos federais, emitiu um alerta de emergência hídrica motivado principalmente pelas escassez de chuvas na Bacia do Paraná, a situação na região hidrográfica vem piorando. Dados do Inmet revelam que, em 2020, as chuvas na região ficaram em torno de 350 mm abaixo da média. Já em 2021, o desvio, até 31 de agosto, já estava em torno de 300 mm abaixo da média, com tendência a piorar até o início das chuvas da primavera.

 

Já a Região Norte não apresenta tendência significativa de aumento ou diminuição de chuvas durante a primavera, enquanto a Região Sul é a única que mantém uma “ligeira tendência” de aumento da precipitação pluviométrica durante esta estação do ano.

Ao contrário das chuvas, a temperatura registrada a cada ano, durante a primavera, vem aumentando em todas as regiões do país desde 1961. Segundo o Inmet, os “desvios positivos de temperatura” começaram a ficar mais frequentes no início dos anos 2000, com uma única interrupção em 2012, ano em que houve um El Niño de forte intensidade.

“Quando analisado todo o período de 1961 a 2020, a variação total da temperatura no Brasil foi de 1,39°C, ou seja, uma elevação de 1,39°C de temperatura média nas primaveras. Como comparação, no mesmo período, o aquecimento no planeta foi de cerca de 1,59°C”, aponta o instituto em nota técnica divulgada pelo instituto.

 


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Aposta única leva prêmio de R$ 11,5 milhões da Mega-Sena

Sortudo fez a aposta na cidade de Santos (SP)

17 de Outubro de 2021 as 10h00

Estado

Contas de celular e internet vão ter desconto de até 52% no valor do ICMS cobrado

Projeto de Lei foi enviado para a Assembleia Legislativa e passa a valer a partir de janeiro de 2022

17 de Outubro de 2021 as 09h15

Estado

Exposição apresenta esqueletos de animais para explicar bioma do Pantanal

A exposição está aberta ao público no Museu de História Natural de Mato Grosso, que pode ser visitado de quarta a domingo

17 de Outubro de 2021 as 08h30

Estado

Sábado (16): Mato Grosso registra 542.919 casos e 13.882 óbitos por Covid-19

Há 93 internações em UTIs públicas e 42 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 28% para UTIs e 7% em enfermarias

16 de Outubro de 2021 as 17h15

Estado

Governo de MT anuncia asfaltamento da MT-400 e obra deve iniciar em abril de 2022

A estrada tem aproximadamente 16 km de extensão e liga a região do Sucuri até a MT-010

16 de Outubro de 2021 as 15h15

Estado

Corpo de Bombeiros encerra Operação Abafa Amazônia 2021 com R$ 25,3 milhões em multas aplicadas

Governo de Mato Grosso investiu R$ 73 milhões para as diversas ações de combate à temporada de incêndios florestais

16 de Outubro de 2021 as 13h30

Estado

Nota MT beneficia 146 entidades filantrópicas de 53 municípios

Os recursos oriundos das indicações dos contribuintes sorteados no Nota MT têm ajudado essas entidades a custearem despesas importantes para a manutenção das suas atividades

16 de Outubro de 2021 as 11h30

Estado

Rapper mato-grossense Pacha Ana lança EP com músicas sobre resgate, ancestralidade e amor

Contemplado no edital MT Nascentes da Secel, o álbum está disponível nas principais plataformas digitais de música

16 de Outubro de 2021 as 11h00

Estado

Paquetá tem população de 3.612 habitantes, sendo 53,6% mulheres

Números fazem parte do teste que o IBGE fez para o Censo 2022

16 de Outubro de 2021 as 10h45

Estado

Centro de Triagem encerra atividades com mais de 240 mil atendimentos prestados à população

Em 2018, o economista Pedro Carvalho, 24 anos, estava a caminho de sua seção eleitoral para votar quando quase tomou um tombo ao escorregar em um m...

16 de Outubro de 2021 as 10h30

Estado

Sema apresenta redução de 21% no desmatamento em MT ao vice-presidente Mourão

A queda no desmatamento no Estado é quase cinco vezes maior que a média de 4% dos Estados da Amazônia Legal

16 de Outubro de 2021 as 09h00

Estado

Governo de MT executa R$ 70 milhões em editais dedicados à cultura, esporte e lazer

Confira a lista com os principais editais lançados até então pela Secel-MT

16 de Outubro de 2021 as 08h30

Estado

Mega-Sena deve pagar hoje prêmio de R$ 10,5 milhões

Apostas podem ser feitas até as 19h nas lotérias ou pela internet

16 de Outubro de 2021 as 07h45

Estado

Agência Brasil é finalista de prêmio para imprensa em economia

Votação se encerra em 28 de outubro

15 de Outubro de 2021 as 21h15

Estado

Entidades pedem liberação de recursos para ciência e tecnologia

Em mobilização, líderes do setor discutiram implicações de cortes

15 de Outubro de 2021 as 20h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO