Estado

Réus por incêndio na boate Kiss começam a ser julgados na quarta-feira

Tragédia aconteceu em janeiro de 2013

Fonte:EBC
29 de Novembro de 2021 as 10h 30min

© Wilson Dias/Agência Brasil/Arquivo

Era para ser uma noite de alegria. A festa “Agromerados” marcaria a formatura de cursos como Agronomia, Veterinária e outros, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul. Mas o que aconteceu foi uma tragédia, uma das maiores da história recente do país.

No dia 27 de janeiro de 2013, a Boate Kiss, casa noturna localizada na Rua dos Andradas, no centro da cidade de Santa Maria, recebeu centenas de jovens para a comemoração. No palco, dois shows ao vivo. O primeiro, de uma banda de rock. Depois, foi a vez dos rapazes da banda Gurizada Fandangueira, de sertanejo universitário. A casa estava lotada: entre 800 e mil pessoas. A boate tinha capacidade para 690 pessoas.

Segundo contou na época o guitarrista da banda Rodrigo Lemos, o fogo começou depois que um sinalizador foi aceso. Ele disse que os colegas de banda logo tentaram apagar o incêndio, mas o extintor não teria funcionado. Um dos componentes da bando, o gaiteiro Danilo Jaques, morreu no local.

Naquele dia, as faíscas atingiram o teto revestido de espuma. Em instantes o fogo se espalhou pela pista de dança e logo tomou todo o interior da boate. De acordo com os bombeiros, a fumaça altamente tóxica e de cheiro forte provocou pânico. Aí começou a tragédia.

Ainda sem saberem do que se tratava, seguranças tentaram impedir a saída antes do pagamento. Houve empurra-empurra. Alguns conseguiram deixar o local. Muitos que não conseguiram, desmaiaram, intoxicados pela fumaça. Outros procuraram os banheiros para escapar ou buscar uma entrada de ar e acabaram morrendo. Segundo peritos, o sistema de ar condicionado ajudou a espalhar a fumaça. Além disso, um curto-circuito provocado pelo incêndio causou uma explosão. Morreram 240 pessoas.

Na rede social, uma das sobreviventes, Suzielle Requia, conta como conseguiu escapar da morte. Resgatada com ajuda de um amigo, ela ficou hospitalizada por dois dias, porque sentia muita falta de ar:

"Eu ouvi um grito de uma menina: 'abre, abre, a Kiss está pegando fogo'. Quando eu olhei para o palco, eu vi um clarão. Eu olhei para o meu amigo e disse: 'a Kiss está realmente pegando fogo'. E nisso ele agarrou a minha mão e me puxou. Mas eu me perdi dele, porque a fumaça já tinha tomado conta da Kiss. Eu não enxergava um palmo na frente do nariz. Até eu me bati na primeira grade, consegui pular aquela grade e caí para fora da boate. Eu desmaiei".

A terapeuta ocupacional Kelen Ferreira sobreviveu com sequelas graves. Ela perdeu o pé direito, teve queimaduras em 20% do corpo e ainda faz tratamento pulmonar:

"Eu fiquei 78 dias internada no Hospital das Clínicas de Porto Alegre. Quinze dias eu fiquei em coma induzido, mais nove na UTI, que totalizaram 24, e 54 dias no quarto. Eu revivo o 27 de janeiro todos os dias".

A perícia policial apontou que uma combinação provocou a tragédia: o material empregado para isolamento acústico (com a espuma irregular), associado ao uso de sinalizador em ambiente fechado, a saída única, as falhas no extintor e a exaustão de ar inadequada. Associado a tudo isso, o indício de superlotação.

O caso comoveu o país inteiro e provocou debates sobre a segurança de casas noturnas e locais de grande aglomeração de pessoas.

Ainda em 2013, o governo do Rio Grande do Sul publicou a Lei Kiss, que estabelece normas sobre segurança, prevenção e proteção contra incêndios nas edificações e áreas de risco de incêndios no estado. O exemplo foi seguido por várias outras cidades. Uma audiência pública no Senado debateu a legislação de prevenção e combate de incêndios no Brasil.

Em fevereiro de 2013, foi criada a Associação de Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria, com mais de 28 mil assinaturas, pedindo apoio do Ministério Público para a busca de justiça.

Em março daquele ano, foram presos preventivamente quatro investigados. Os réus são os sócios da Kiss, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann; o vocalista da banda Gurizada Fandangueira, que se apresentou naquela noite, Marcelo de Jesus dos Santos; e o produtor musical Luciano Bonilha Leão. 

Eles vão a júri popular neste 1º de dezembro, no Foro Central de Porto Alegre.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Calor do Rio de Janeiro bate novo recorde neste verão

Sensação térmica teve pico de 48°C durante a tarde

27 de Janeiro de 2022 as 18h15

Estado

Ação integrada apreende carga de pasta base avaliada em R$ 14,3 milhões

Em menos de um mês o Gefron soma a apreensão de quase uma tonelada de drogas em 2022

27 de Janeiro de 2022 as 17h45

Estado

Quinta-feira (27): Mato Grosso registra 616.657 casos e 14.240 óbitos por Covid-19

Há 187 internações em UTIs públicas e 206 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 83% para UTIs e em 43% para enfermaria

27 de Janeiro de 2022 as 17h30

Estado

Governador repassa R$ 3,8 milhões para asfalto novo na cidade de Vera

Valores serão usados para pavimentação de várias ruas do município

27 de Janeiro de 2022 as 17h15

Estado

Seduc reabre inscrições para processo seletivo do Programa Alfabetiza MT

As vagas são para os cargos de coordenador regional, formador regional de educação infantil e formador regional de alfabetização

27 de Janeiro de 2022 as 15h45

Estado

Governo abre 10 leitos de UTI e 10 de enfermaria em Cuiabá e Várzea Grande

Novas vagas foram ampliadas no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, e no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá

27 de Janeiro de 2022 as 15h30

Estado

Inscrições para eleições do Conselho Estadual de Cultura encerram na segunda-feira (31)

As inscrições devem ser feitas tanto pelos candidatos a membros como pelos cidadãos que querem votar.

27 de Janeiro de 2022 as 14h30

Estado

Polícia Militar já recuperou 100 veículos furtados e roubados em 2022

Somente nas últimas 24 horas, três veículos foram localizados na Capital. Em 2021, a PM recuperou um total de 1,4 mil veículos

27 de Janeiro de 2022 as 12h15

Estado

Com voto do Governo de MT, Confaz mantém congelamento do ICMS dos combustíveis

Além de congelar o preço médio, governador também reduziu o ICMS

27 de Janeiro de 2022 as 11h45

Estado

Governo publica edital para construção do Hospital Regional de Tangará da Serra

Licitação ocorre na modalidade concorrência, ou seja, ganha aquela que apresentar o menor preço, com sessão agendada para o dia 3 de março

27 de Janeiro de 2022 as 11h00

Estado

Assinada ordem de serviço para reforma de quadra poliesportiva em Lucas do Rio Verde

Governo investirá R$ 1,027 milhão na obra que era muito aguardada por toda a comunidade escolar e beneficiará 1,4 mil estudantes

27 de Janeiro de 2022 as 11h00

Estado

Governo reabre licitação para obras do BRT em Cuiabá e Várzea Grande

A reabertura foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (27.01). O edital e os valores da obra foram mantidos

27 de Janeiro de 2022 as 10h45

Estado

Seplag retoma projeto que auxiliaservidor no autocontrole do peso

Projeto “Pesagem Mensal” será retomado nesta quinta e sexta-feira (27 e 28.01) como parte do programa Ação Vida Saudável

27 de Janeiro de 2022 as 10h15

Estado

Agricultor recebe orientação técnica para impedir morte de aves na propriedade

Os técnicos identificaram problemas sanitários e na qualidade da água e irão acompanhar as recomendações sugeridas; 70% da criação (105 animais) morreram em curto período de tempo

27 de Janeiro de 2022 as 08h45

Estado

Governo conclui recuperação da parte interna e libera trânsito na Trincheira Jurumirim nesta sexta-feira (28)

Governador Mauro Mendes e o secretário Marcelo de Oliveira estarão no local às 8 horas para explicar o trabalho feito e como serão as intervenções na parte superior do complexo

27 de Janeiro de 2022 as 08h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO