Judiciário

STF: após 2019, funcionário de estatal aposentado deve deixar emprego

A decisão foi tomada ontem peloa Corte

Fonte:EBC
17 de Junho de 2021 as 09h 45min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) fixou ontem (16) a tese segundo a qual os empregados públicos de empresas estatais que se aposentaram após a reforma da previdência de 2019 perdem o vínculo empregatício e não podem seguir trabalhando e recebendo salário.

O entendimento foi alcançado no julgamento de um recurso da União e dos Correios, que pediam a reversão de uma decisão da Justiça Federal, que mandou a estatal readmitir empregados que haviam sido desligados ao se aposentar, porém antes da Emenda Constitucional (EC) 103/2019.

O Supremo confirmou, em 12 de março, a decisão de readmissão dos funcionários. No julgamento, prevaleceu o entendimento que considerou constitucional o artigo 6 da reforma da Previdência, que expressamente isentou os empregados públicos aposentados antes da EC 103/2019 de terem de deixar o emprego, no caso das aposentadorias pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

Ontem (16), os ministros fixaram uma tese de repercussão geral para o assunto, que de agora em diante serve de parâmetro para casos similares envolvendo empregados dos Correios e de outras empresas estatais. O enunciado deve ser usado para destravar cerca de 1700 processos espalhados pelo país que aguardavam o entendimento do Supremo.

Na tese, além de afirmar que a aposentadoria inviabiliza a permanência no emprego público somente após o advento da EC 103/2019, os ministros também fixaram que as disputas sobre o assunto são de natureza administrativa, e portanto de competência da Justiça Federal comum, e não da trabalhista.

“A natureza do ato de demissão de empregado público é constitucional-administrativa e não trabalhista, o que atrai a competência da Justiça comum para julgar a questão. A concessão de aposentadoria aos empregados públicos inviabiliza a permanência no emprego, nos termos do artigo 37, parágrafo 14, da Constituição Federal, salvo para as aposentadorias concedidas pelo Regime Geral de Previdência Social até a data de entrada em vigor da Emenda Constitucional 103/2019, nos termos do que dispõe seu artigo 6º ", diz a nova tese de repercussão geral.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Judiciário

Judiciário

Justiça confirma demissão por recusa à vacina contra covid-19

Auxiliar de limpeza de hospital paulista recusou imunização duas vezes

23 de Julho de 2021 as 19h45

Judiciário

STF mantém condenação do ex-governador do Rio Wilson Witzel

Ex-governador do Rio foi condenado por crime de responsabilidade

23 de Julho de 2021 as 09h15

Judiciário

Defensoria de SP entra com ação para garantir vacinação de presos

Inspeções revelaram que há presos idosos que ainda não foram vacinados

21 de Julho de 2021 as 20h00

Judiciário

Justiça mantém prisão preventiva de Jairinho e Monique Medeiros

Casal responde pela morte do menino Henry Borel, de 4 anos

20 de Julho de 2021 as 14h45

Judiciário

MP denuncia 12 policiais por homicídio de jovens em Paraisópolis

Um policial foi denunciado por colocar pessoas em perigo com explosão

20 de Julho de 2021 as 11h45

Judiciário

AGU regulamenta acordo de não persecução em casos de improbidade

Negociação deve prever ressarcimento de danos, perda de bens e multa

19 de Julho de 2021 as 18h15

Judiciário

Bolsonaro diz que indicação de Mendonça para o STF deve sair hoje

Presidente falou com a imprensa após reunião com Luiz Fux

12 de Julho de 2021 as 18h30

Judiciário

PF abre inquérito para apurar conduta do presidente no caso Covaxin

A instauração foi feita após autorização da ministra do STF Rosa Weber

12 de Julho de 2021 as 16h00

Judiciário

Barroso reafirma que nunca foi registrada fraude nas urnas eletrônicas

Segundo o presidente do TSE, o sistema permitiu a alternância no poder

09 de Julho de 2021 as 18h00

Judiciário

Publicado decreto que concede aposentaria a Marco Aurélio Mello

Ministro do STF completa 75 anos

09 de Julho de 2021 as 09h00

Judiciário

Covid-19: MP investiga pessoas que tomaram até quatro doses de vacina

A revacinação pode ser punida com reclusão de um a cinco anos

08 de Julho de 2021 as 20h30

Judiciário

Procuradoria entra com ação de improbidade contra ex-ministro Pazuello

Ação cita diversos episódios ocorridos durante gestão do ex-ministro

02 de Julho de 2021 as 20h15

Judiciário

PGR pede abertura de inquérito sobre o presidente no caso Covaxin

Manifestação foi encaminhada à ministra Rosa Weber, do STF

02 de Julho de 2021 as 12h00

Judiciário

Para Rosa Weber, PGR não deve aguardar CPI para apurar caso Covaxin

Ministra foi escolhida, por sorteio, relatora da notícia-crime no STF

02 de Julho de 2021 as 10h15

Judiciário

Ministro Lewandowski anuncia que trabalhará no recesso do Judiciário

A Corte entra em recesso na sexta-feira

30 de Junho de 2021 as 18h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO