Quinta, 18 de Julho de 2024
16°C 32°C
Lucas do Rio Verde, MT
Publicidade

Instituto Nefrológico Adilson Martins é oficialmente inaugurado

Está oficialmente em funcionamento o Instituto Nefrológico de Sorriso, que homenageia o jornalista e paciente renal Adilson Martins, falecido em no...

05/07/2024 às 11h56
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Sorriso - MT
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Prefeitura de Sorriso - MT
Foto: Reprodução/Prefeitura de Sorriso - MT

Está oficialmente em funcionamento o Instituto Nefrológico de Sorriso, que homenageia o jornalista e paciente renal Adilson Martins, falecido em novembro do ano passado.  A unidade, na esquina entre a Avenida Brasil e a Rua São Pedro, no bairro Villa Romana, está sob a gestão do Instituto Nefrológico Ltda., única empresa a participar da Concorrência Pública 012/2023, que tinha como objeto a Concessão do serviço de Terapia Renal Substitutiva (TRS).

Depois de todo o processo de licitação, que sucedeu a fase de construção do prédio, também a cargo da Prefeitura, com um investimento que na casa dos R$ 2 milhões, o início das sessões de TRS foi celebrado em uma cerimônia realizada na noite desta quarta-feira (4 de julho).

Como o serviço de hemodiálise é considerado de alta complexidade, não é de responsabilidade do Município. No entanto, o Município investiu recursos próprios e buscou alternativas para melhorar a qualidade de vida de todos os sorrisenses que necessitam deste tratamento, colocando no passado a rotina de viagens para passar pelo procedimento em Sinop.

“Foi um processo longo e árduo, mas a missão do Executivo é sim, uma missão árdua e hoje partilhamos junto à comunidade, aos pacientes e a todos os demais envolvidos a realização deste sonho, que permite que os sorrisenses que precisam da hemodiálise possam ser atendidos aqui, pertinho de casa, e os pacientes de cidades mais próximas também poderão ser aqui atendidos, economizando assim o tempo de viagem”, destacou o prefeito Ari Lafin.

O médico nefrologista Vitor Carlos Souza Vieira, responsável pelo Instituto Nefrológico Ltda. Informou que,  desde 1994, o Instituto oferta terapia renal substitutiva no Estado. A primeira clínica foi aberta em julho de 1994, em Várzea Grande; e a segunda em 2021, em Primavera do Leste. “É uma honra estarmos aqui agora em Sorriso, prestando um serviço com o máximo empenho profissional, oferecendo o que há de melhor para garantir o conforto do paciente”.

Uma das pessoas que vai incluir o endereço da clínica no trajeto rotineiro é a dona Terezinha Sartori, que acompanha o marido na rotina da hemodiálise. “Emocionada. É assim que me sinto em ver meu marido fazer hemodiálise em casa. Tenho certeza de que todas as famílias dos demais pacientes sentem essa mesma alegria; agora ele vai entrar aqui às 7 horas e chegar em casa às 11 horas, para o almoço”, conta.

Terezinha relata que até então era necessário sair de Sorriso às 10 horas da manhã para o atendimento. “Só voltávamos depois do último paciente concluir o procedimento por volta das 20, 21 horas; e nem sempre o paciente volta bem, muitas vezes sente náuseas, vômitos, então saber que teremos esse serviço no Município mesmo é um alívio muito grande”, diz. O esposo de dona Terezinha integrou o grupo de pacientes que na última sexta-feira, 28 de junho, participou dos testes iniciais na Clínica.  Seis pacientes passaram pelo procedimento na sexta. “E sei que a alegria de todos é a mesma”, reforça Terezinha.

“Entregamos aqui hoje uma nova expectativa de nossos pacientes, que não vão mais precisar rodar 180 quilômetros, dia sim, dia não, para a filtragem do seu sangue”, comentou o secretário de Saúde e Saneamento Luís Fábio Marchioro, reiterando que, além dos investimentos na construção do prédio e de todo o trâmite licitatório, o Município segue investido no setor até que venham verbas de outras esferas governamentais.

O Clínica já está atendendo 44 pacientes, com necessidade mensal de aplicação de R$ 300 mil por parte do Município. Além dos 30 pacientes sorrisenses, devem também ser atendidos nove pacientes de Nova Mutum; e 11 de Lucas do Rio Verde. Outros quatro pacientes são de Ipiranga do Norte, Itanhangá, Nova Ubiratã e Tapurah. Contudo, dependendo da demanda, o número de pacientes atendidos pode chegar a até 84 pessoas.

  • Texto: Nádia Mastella

    Fotos: Ney Pinheiro

    Atenção

    Este material só pode ser utilizado para fins jornalísticos, informativos e educativos, sempre citando a fonte original, conforme prevê a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

    * O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
    Lucas do Rio Verde, MT
    24°
    Parcialmente nublado

    Mín. 16° Máx. 32°

    23° Sensação
    2.33km/h Vento
    30% Umidade
    0% (0mm) Chance de chuva
    07h06 Nascer do sol
    06h33 Pôr do sol
    Sex 33° 16°
    Sáb 35° 17°
    Dom 36° 19°
    Seg 36° 20°
    Ter 36° 20°
    Atualizado às 18h52
    Publicidade
    Publicidade
    Economia
    Dólar
    R$ 5,54 -0,08%
    Euro
    R$ 6,04 -0,08%
    Peso Argentino
    R$ 0,01 +0,71%
    Bitcoin
    R$ 374,346,89 -0,20%
    Ibovespa
    127,652,06 pts -1.39%
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade