Política

Com destaque para gastronomia do Sul e do Centro-Oeste, CRE encerra ciclo de audiências

O potencial turístico e gastronômico das Regiões Sul e Centro-Oeste do país foi o tema da audiência pública interativa da Comissão de Relações Exte...

Fonte:Agência Senado
02 de Dezembro de 2021 as 13h 45min

Edilson Rodrigues/Agência Senado

O potencial turístico e gastronômico das Regiões Sul e Centro-Oeste do país foi o tema da audiência pública interativa da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, nesta quinta-feira (2). O debate foi seguido de um almoço com cardápio típico das duas regiões, no Restaurante dos Senadores, mantido pelo Senac no Senado.

O evento integra o plano de trabalho para o período deste ano, na série intitulada "A Internacionalização da Economia Criativa, da Gastronomia e do Turismo como Indutores do Desenvolvimento Regional". As três primeiras audiências aconteceram em setembro e outubro destacando, respectivamente, as particularidades da Região Norte, da Região Sudeste e da Região Nordeste.

De acordo com a presidente da comissão, senadora Kátia Abreu (PP-TO), o objetivo é fazer uso da política externa do país, trabalhada pelo Congresso, a fim de combater a desigualdade social por meio da economia criativa, que inclui vários setores, como turismo, gastronomia, artesanato, cultura e resgate dos costumes e história das regiões e seus povos.

— Eu acredito que o Senado Federal é uma vitrine para o Brasil e para o mundo. Os nossos diplomatas estrangeiros, residentes no Brasil, e os nossos diplomatas no exterior acompanham nossa comissão com frequência,  e em todos os eventos eles estão presentes. Nós queremos que isso passe além-mar e que chegue aos países mais distantes essa grande economia criativa que o Brasil tem.

O diretor da Associação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Abase), Cláudio Mendonça, ressaltou a importância do ciclo de debates como ferramenta para construção de uma política pública de valorização e incentivo à economia criativa. Ele citou o caso da cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, como exemplo de sucesso do Sebrae.

— Bonito é um município de pecuária, que tinha pouco desenvolvimento inclusivo das pessoas, e de repente começa um trabalho de turismo (...) Hoje temos uma história lá, com gastronomia diferenciada e um desenvolvimento através da inclusão e do turismo. Um município com 20 mil pessoas, com mais de 2 mil empresas trabalhando com turismo.

Os chefs de cozinha Ana Paula Jacques e Paulo Coelho Machado Neto destacaram a iniciativa da comissão como um marco para a gastronomia brasileira. Para eles, o setor — que já é, segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC), o terceiro critério a ser avaliado para definição do destino turístico — tem grande potencial no Brasil, em razão da sua vasta diversidade.

— A gastronomia é a forma mais antiga de diplomacia. Porque ela é usada como forma de aproximar os povos e culturas, ela entra como promoção de estratégia da política externa e de desenvolvimento de um país, porque gera empatia, muda as percepções que se tem sobre uma determinada cultura. Ela é capaz de impulsionar a economia, ampliar a exportação de nossos produtos agroalimentares e incentivar a chegada de turistas — disse Ana Paula Jacques.

Ao citar as mais de 11 mil espécies frutíferas nativas do Cerrado, Jacques ainda alertou para o que chamou de “extinção de ingredientes e técnicas” em razão de desuso, industrialização, urbanização e questões ambientais. Ela defendeu a inclusão desse tema para que algumas receitas “não se percam” na história.

Inclusão

Vice-presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), Marina Figueiredo entende que o grande diferencial do turismo brasileiro gira em torno da criatividade. De acordo com ela, os associados da instituição, que são operadoras de turismo, foram responsáveis, em 2019, por R$ 15 bilhões de faturamento e levaram 6,5 milhões a viajar para fora e dentro do Brasil.

Nesse sentido, eles incentivaram a criação, dentro da instituição, de uma academia que está planejando ações para incluir novos atores e setores que ainda não estão conectados com o turismo para que possa fazer parte de novas rotas e pacotes, disse:

— Como produtores rurais, fazendeiros... Temos tantos campos de flores, de lavanda, por que a gente não pode agregar isso ao turismo? Quantas fazendas que produzem café, frutas diversas, fazem parte do turismo e de atrativos para experiência dos turistas. Eles pagam para ver lá fora, por que não oferecer isso aqui dentro quando a gente tem em abundância?

Educação profissional

Já o assessor da diretoria geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Antônio Henrique Borges Paula, evidenciou a preocupação com a falta de capacitação dos jovens brasileiros. De acordo com ele, enquanto países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) registram 50% dos seus estudantes no ensino profissionalizante, no Brasil esse tipo de ensino só concentra 11% dos alunos. Borges Paula alertou que é preciso olhar com atenção para essa capacitação, principalmente pensando no desenvolvimento da gastronomia e do turismo.

— É inadmissível imaginar avançarmos numa agenda de educação sem trabalharmos a questão do ambiental, social e da governança. É inadmissível imaginarmos que a gente não vai ensinar para os nossos chefs que eles têm que valorizar o típico local, que quando se coloca um salmão no cardápio estamos mandando dinheiro para o Chile, e assim por diante.

Próximos passos

Ainda conforme Kátia Abreu, a comissão destinou R$ 20 milhões em emendas ao Orçamento Geral da União, que deverão ser investidos em eventos nas embaixadas brasileiras fora do país. Segundo a presidente, o intuito é promover o turismo e a gastronomia, exibindo nesses lugares as riquezas e potencialidades do Brasil a públicos especificamente escolhidos.

Kátia ainda informou que após o ciclo de debates, a comissão fará, com apoio da CNC, do Senac, da Apex e da CNT, um calendário de eventos para o próximo ano, além de organizar as rotas turísticas e gastronômicas em pacotes para serem ofertados aos operadores de turismo no exterior, com objetivo de otimizar e incentivar ainda mais o turismo.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Lira faz apelo ao governo para não rejeitar plano de recuperação fiscal do Rio de Janeiro

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Lira: governo não pode sufocar estado que já foi motor de crescimento no País O presidente da Câmara, Arthur Li...

18 de Janeiro de 2022 as 21h30

Política

Proposta acaba com a obrigatoriedade de prova de vida para beneficiários do INSS

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Pompeo de Mattos: maior vulnerabilidade de saúde dos idosos justifica a medida O Projeto de Lei 2696/21 acaba co...

18 de Janeiro de 2022 as 17h15

Política

Kátia Abreu cobra explicações sobre compra de sistemas espiões

A presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), senadora Kátia Abreu (PP-TO), anunciou pelas redes sociais nesta terça-fei...

18 de Janeiro de 2022 as 17h15

Política

Projeto cria Programa Nacional de Fomento à Causa Animal

Antônio Augusto/Câmara dos Deputados Pedro Vilela: pandemia de Covid-19 nasceu de uma zoonose O Projeto de Lei 2567/21, do deputado Pedro Vilela ...

18 de Janeiro de 2022 as 16h15

Política

Projeto obriga órgãos públicos a criar programa de integridade para licitações

Luis Macedo/Câmara dos Deputados Deputado Delegado Waldir, autor do projeto de lei O Projeto de Lei 2689/21 obriga órgãos e entidades da administ...

18 de Janeiro de 2022 as 15h15

Política

Projeto inclui terapia baseada na capoeira no rol de práticas integrativas do SUS

Michel Jesus/Câmara dos Deputado Nereu Crispim: a modalidade ressocializa, fortalece músculos e reduz a depressão O Projeto de Lei 2646/21 inclui...

18 de Janeiro de 2022 as 14h45

Política

Projeto inclui terapia baseada na capoeira no rol de práticas interativas do SUS

Michel Jesus/Câmara dos Deputado Nereu Crispim: a modalidade ressocializa, fortalece músculos e reduz a depressão O Projeto de Lei 2646/21 inclui...

18 de Janeiro de 2022 as 14h30

Política

Humberto Costa pede que MP apure dispensa de licitação no transporte de vacina infantil

O senador Humberto Costa (PT-PE) protocolou ofícios no Ministério Público Federal e na Procuradoria-Geral do Ministério Público junto ao Tribunal d...

18 de Janeiro de 2022 as 14h15

Política

Projeto obriga governo federal a custear alimentação de moradores de rua na pandemia

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Francisco Jr.: durante a pandemia 19 milhões de brasileiros passaram fome O Projeto de Lei 2511/21 estabelece aç...

18 de Janeiro de 2022 as 14h00

Sorriso

Vereadores prestigiam posse de novos gestores escolares e entrega de veículos à Educação

Na ocasião, foi assinada ordem de serviço para a construção de uma escola municipal no Rota do Sol

18 de Janeiro de 2022 as 12h15

Política

Projeto fixa prazo para atos processuais necessários ao cumprimento de tutela provisória

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Marcelo Freixo: prazo colabora para efetividade da decisão judicial O Projeto de Lei 2581/21, do deputado Marce...

18 de Janeiro de 2022 as 11h15

Política

Projeto muda alocação de subvenção rural para evitar contingenciamentos

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Rigon pretende resguardar recursos destinados à subvenção do prêmio do seguro rural O Projeto de Lei 2700/21 t...

18 de Janeiro de 2022 as 10h45

Política

Proposta torna crime hediondo o ato de orientar pessoa inimputável a cometer delito penal

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Valdenir Pereira chamou de "covarde" quem induz incapaz ao cometimento de crime O Projeto de Lei 2591/21 classif...

18 de Janeiro de 2022 as 10h00

Política

Paulo Rocha está com covid-19

O senador Paulo Rocha (PT-PA) anunciou na noite de segunda-feira (17), pelas redes sociais, que foi diagnosticado com covid-19. Ele está no Pará e ...

18 de Janeiro de 2022 as 09h15

Política

Projeto sugere a incineração do lixo como alternativa aos aterros sanitários

Está em análise no Senado o projeto de lei (4.603/2021) que sugere a incineração do lixo como alternativa aos aterros sanitários para incentivar a ...

18 de Janeiro de 2022 as 09h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO