Política

Deputados e Ministério da Saúde discordam sobre mamografia antes dos 50 anos para prevenir câncer

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Tereza Nelma defende mamografia para mulheres jovens A realização do exame de mamografia como forma de preveni...

Fonte:Agência Câmara de Notícias
14 de Outubro de 2021 as 12h 45min

Tereza Nelma defende mamografia para mulheres jovens - (Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados)

A realização do exame de mamografia como forma de prevenir o câncer de mama antes dos 50 anos dividiu opiniões em debate na Câmara dos Deputados. A audiência foi promovida pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher, de Seguridade Social e Família, e de combate ao câncer, nesta quinta-feira (14).

A deputada Tereza Nelma (PSDB-AL), que pediu a realização do debate e é paciente oncológica, defende a antecipação da mamografia no Sistema Único de Saúde (SUS) para mulheres abaixo de 50 anos – a idade atualmente indicada.

Ela é relatora do projeto de decreto legislativo (PDL 679/19) do Senado Federal que susta a portaria do Ministério da Saúde que mantém o uso da mamografia para o rastreamento do câncer de mama em mulheres na atual faixa etária (50 a 69 anos). O parecer de Tereza Nelma recomenda a aprovação do projeto e aguarda votação na Comissão de Seguridade Social e Família. Ela defende a antecipação dos exames de rastreamento de câncer de mama a partir dos 40 anos pelo SUS.

"O câncer de mama tem sido cada vez mais frequente em mulheres jovens, apesar de representarem apenas 10% das vítimas. É comum mulheres jovens terem cânceres mais agressivos, com tendência a crescerem e a se espalharem mais rapidamente. Ainda, o diagnóstico se torna mais difícil, dada uma maior densidade do tecido mamário", explicou a deputada.

No parecer ao PDL 679/19, Tereza Nelma destaca que a Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda que as mulheres comecem a realizar o exame de mamografia, anualmente, a partir dos 40 anos de idade. Para mulheres que estão no grupo de risco, a idade deve ser a partir dos 35. Já para as pacientes que possuem idade entre 50 e 69 anos, o intervalo máximo deve ser de até 2 anos entre os exames.

Diretriz legal
Presidente da comissão especial da Câmara que avalia o combate ao câncer no Brasil, o deputado Weliton Prado (Pros-MG) também é favorável ao projeto que susta a portaria do Ministério da Saúde.

Conforme ele, a portaria descumpre a Lei 11.664/08, segundo a qual o SUS “deve assegurar a realização de exame mamográfico a todas as mulheres a partir dos 40 anos de idade”. Ele afirmou que a portaria não pode estar acima da lei.

De acordo com o parlamentar, mesmo com histórico familiar, muitas mulheres demoram muitos meses para conseguir fazer o exame no SUS. Prado acredita que o exame não é feito antes do 50 anos no SUS por uma questão financeira. "Temos que cumprir a lei e fazer a mamografia a partir dos 40 anos de idade, como é feito em vários países do mundo", defendeu.

Custo-benefício
Ana Patrícia de Paula, do Ministério da Saúde, destacou que as diretrizes do SUS para a realização de mamografia apenas a partir dos 50 anos seguem as recomendações da literatura médica e levam em conta a relação custo-benefício.

"O rastreamento fora dessa faixa acaba ocasionando risco muito grande de falso positivo, ocasionando sobretratamento e sobrediagnóstico. Dependendo dos estudos, você pode encontrar de 20% a 56% de falso positivo na mamografia quando você faz na população abaixo de 50 anos de idade", explicou.

Ela garantiu ainda que, em caso de alto risco de câncer, a mulher fora da faixa etária 50 e 69 anos pode fazer os exames pelo SUS.

Riscos para as mulheres
O médico Arn dos Santos, do Instituto Nacional de Câncer (Inca), reiterou que o câncer de mama é uma doença rara em mulheres jovens. Segundo ele, para mulheres abaixo de 50 anos não há evidências científicas de que os exames de check up trazem benefícios e podem, inclusive, trazer riscos para a saúde, já que a radiação é cumulativa e há tipos de câncer induzidos pela radiação.

Ele também alertou para o risco de sobrediagnósticos e sobretratamentos – ou seja, tratar um câncer que não iria evoluir.

"[O check up em mulheres jovens] não reduz a mortalidade, não evita que a mulher morra e não evita que ela tenha um câncer mais avançado. Por isso não recomendamos que seja feito o exame de mamografia ou qualquer outro exame de rotina em mulheres assintomáticas", reforçou Santos.

Ele acrescentou que, mesmo para mulheres com mais de 50 anos, fazer os exames de check up com periodicidade maior do que dois anos também não traz benefícios.

Em vez de fazer exames de rastreamento sem indicação, o médico do Inca recomenda a realização do autoexame, para a própria mulher detectar o nódulo. Conforme ele, o SUS deve priorizar casos com sinais e sintomas, confirmar o diagnóstico e antecipar o tratamento nesses casos.

Ele observou que não há impedimento para o SUS pagar a mamografia em mulheres jovens, para confirmar o diagnóstico, e afirmou que o SUS efetivamente vem pagando o exame nesses casos.

Mudança na lei
A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) acredita que, se não há certeza sobre os benefícios da mamografia para mulheres entre 40 e 49 anos, a lei deve ser mudada. "Ainda não estou convicta de que fazer a mamografia de rastreamento pode causar mais danos à saúde que benefícios", disse.

A deputada Lídice da Mata (PSB-BA) também defendeu que a lei atual seja cumprida e rechaçou a ideia de que há leis que pegam e são cumpridas e outras não.

Já a presidente do Instituto Lado a Lado, Marlene Oliveira, disse que mulheres com predisposição genética deveriam ter acesso a um teste genético para ajudar a ter um diagnóstico precoce.

Outubro Rosa
O câncer de mama é segundo tipo que mais acomete as brasileiras, representando em torno de 29% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. O câncer de mama só fica atrás do câncer de pele não melanoma.

O debate integra a programação do Outubro Rosa, promovido pela Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados. A campanha mundial de conscientização tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

 

 


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Presidente do INSS diz que prazos de concessão de benefícios devem ser normalizados a partir de janeiro

Michel Jesus/Câmara dos Deputados Leonardo Rolim afirmou que compromisso foi assumido perante o Supremo O presidente do Instituto Nacional do Seg...

15 de Outubro de 2021 as 18h15

Política

Comissão aprova pagamento do 13º salário em dobro aos segurados da Previdência Social

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Flávia Morais: medida é importante para estimular a recuperação econômica A Comissão de Seguridade Social e Famí...

15 de Outubro de 2021 as 18h00

Política

Senado pode votar subsídio para gás de cozinha

O Plenário do Senado se reúne na próxima terça-feira (19), quando poderá votar o projeto de lei que prevê subsídios para a compra de botijões de gá...

15 de Outubro de 2021 as 17h45

Política

Entidades afirmam que fala de ministro representa retrocesso no ensino de pessoas com deficiência

Michel Jesus/Câmara dos Deputados Rodrigo Hubner disse que a educação inclusiva é benéfica para todos Recentemente, o ministro da Educação, Milto...

15 de Outubro de 2021 as 17h45

Política

Comissão considera incompatível financeiramente dedução do IR para doações a programas de alfabetização

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Votação seguiu o parecer do relator, Felipe Rigoni A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados c...

15 de Outubro de 2021 as 17h45

Política

CRA vai debater risco de falta de insumos para o plantio da safra 2021/2022

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) tem reunião semipresencial, na quinta-feira (21), às 8h, para debater o risco de falta de insumos...

15 de Outubro de 2021 as 17h30

Política

Comissão debate fortalecimento do sistema de auditoria do SUS

Marcelo Casal Jr./Agência Brasil Denasus auxilia na gestão do Sistema Único de Saúde A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Depu...

15 de Outubro de 2021 as 17h00

Política

Deputadas pedem aprovação de projeto que reconhece charge e grafite como manifestações culturais

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Benedita da Silva pediu a aprovação da proposta, de sua autoria Em audiência da Comissão de Cultura da Câmara ...

15 de Outubro de 2021 as 17h00

Política

Ativistas e criadores divergem sobre projeto que transforma animais em sujeitos de direito?

Aspectos jurídicos do Projeto de Lei 6054/19, conhecido como “PL animal não é coisa”, colocaram em lados opostos, nesta sexta-feira (15), ativistas...

15 de Outubro de 2021 as 17h00

Política

Senadores destacam Dia do Professor e cobram melhores condições para a profissão

O Dia do Professor, comemorado em 15 de outubro, foi lembrado por vários senadores nas redes sociais. Eles parabenizaram os professores, defenderam...

15 de Outubro de 2021 as 16h45

Política

Câmara pode votar na terça-feira proposta que altera composição do CNMP

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Sessão do Plenário da Câmara dos Deputados A Câmara dos Deputados pode votar na terça-feira (19) a Proposta de E...

15 de Outubro de 2021 as 16h45

Política

Comissão aprova gratuidade de segunda via de documentos para idosos de baixa renda

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Luis Miranda restringiu o benefício aos inscritos no CadÚnico A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara do...

15 de Outubro de 2021 as 15h45

Política

Projeto cria plano para enfrentar os efeitos da pandemia na educação

Aguarda votação em Plenário o projeto de lei que institui o Plano Nacional de Enfrentamento dos Efeitos da Pandemia de Covid-19 na Educação. O proj...

15 de Outubro de 2021 as 15h45

Política

Comissão aprova reserva de 10% vagas de estágio para pessoas com deficiência na administração pública

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Eduardo Barbosa quer evitar retrocesso na política de cotas A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas co...

15 de Outubro de 2021 as 15h30

Política

Senado poderá ter Frente Parlamentar para continuar o trabalho da CPI da Pandemia

O Senado vai analisar a criação de uma Frente Parlamentar que dará continuidade ao trabalho da CPI da Pandemia, recebendo novas denúncias e monitor...

15 de Outubro de 2021 as 15h30

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO