Política

Médicos defendem vacinação de adolescentes e reforço para idosos e profissionais de saúde

Em audiência na Câmara, pesquisadores e entidades médicas e de enfermagem defenderam, nesta terça-feira (21), a continuidade da vacinação de adoles...

Fonte:Agência Câmara de Notícias
21 de Setembro de 2021 as 21h 00min

Rosana de Melo constatou queda no número de mortos diante do avanço da vacinação - (Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados)

Em audiência na Câmara, pesquisadores e entidades médicas e de enfermagem defenderam, nesta terça-feira (21), a continuidade da vacinação de adolescentes a partir de 12 anos de idade e da aplicação de doses de reforço em idosos e profissionais de saúde. O Ministério da Saúde garantiu que há disponibilidade de vacinas para esses grupos, mas criticou estados e municípios por anteciparem a vacinação de adolescentes e informou que analisa estudos em relação às doses extras. O debate ocorreu na Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

Médica e pneumologista, a pesquisadora Margareth Dalcolmo, da Fundação Oswaldo Cruz, fez a defesa mais enfática da vacinação de todos os adolescentes de 12 a 17 anos.

“Nós sabemos que essa faixa etária é responsável por grande mobilidade social e por carregar uma carga viral muito grande para familiares, colegas e sociedade. Portanto, acho que é uma decisão sobre a qual não cabe mais discussão: cabe colocar doses em disponibilidade suficiente para que nós protejamos todos os nossos adolescentes”, disse.

Parlamentares e representantes dos conselhos de secretários estaduais e municipais de saúde (Conass e Conasems) manifestaram surpresa diante de recente orientação do Ministério da Saúde com restrições à vacinação nessa faixa etária. Segundo o Conass, 1.300 crianças e adolescentes morreram por complicações após contaminação com o novo coronavírus só neste ano.

A secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana de Melo, justificou a medida com críticas à gestão de alguns estados e municípios diante do que havia sido pactuado no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 e afirmou que a vacinação não foi suspensa.

“Nós apenas restringimos a vacinação aos adolescentes com comorbidade e deficiência permanente. Não foi apenas por este ou aquele fator, foi um conjunto. Nós sobrestamos algo que seria começado a partir do dia 15. Ainda não tínhamos enviado (doses) para o público abaixo de 18 anos”, afirmou.

A secretária disse que, para evitar pânico, a “nota informativa” com essa nova orientação, divulgada no dia 15, sequer citou a morte de uma adolescente vacinada. Posteriormente, a Anvisa constatou que o caso não teve relação causal com a vacinação contra Covid-19.

Por enquanto, os adolescentes só podem ser imunizados com doses de Pfizer. O deputado Jorge Solla (PT-BA) cobrou da Anvisa rapidez nos estudos para a inclusão da Coronavac nessa lista, como já acontece no Chile.

Reforço
Outro tema debatido foram as doses de reforço para quem já está imunizado, sobretudo diante do cenário de surgimento de novas variantes do coronavírus. Relatora da comissão externa, a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) citou a necessidade de inclusão dos profissionais de saúde no grupo prioritário dessa dose adicional.

“Só entre enfermeiros, técnicos e auxiliares, nós temos mais de 860 óbitos. Somando aos profissionais da área de medicina, temos de 1.600 a 1.700. Sem contar todos os demais trabalhadores, como motoristas de ambulância, recepcionistas, pessoal de limpeza e lavanderia, fisioterapeutas e outros profissionais que estão diretamente envolvidos com a Covid-19. Por isso, a defesa e o pedido [pela dose de reforço] da nossa comissão externa”, disse a deputada.

Representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Associação Médica do Brasil (AMB) e do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) reforçaram o pedido. Eles argumentaram que a maior parte dos profissionais de saúde foi imunizada há mais de 8 meses com Coronavac, que tem menor duração na proteção contra a Covid-19. A AMB apresentou estudo dos Estados Unidos que mostra novo surto da doença inclusive em profissionais imunizados com Pfizer.

A representante do Cofen, Cleide Mazuela, informou que testes recentes mostraram o aumento dos casos de reinfecção e de perda de anticorpos dos profissionais que estão na linha de frente de combate à Covid-19. “São 2,5 milhões de enfermeiros esgotados”, ressaltou.

Idosos e imunossuprimidos
Parlamentares e debatedores também concordaram em ampliar para 60 anos de idade a faixa inicial da dose de reforço de toda a população. Hoje, a orientação do Ministério da Saúde é dar uma dose a mais aos maiores de 70 anos, seis meses após a dose única da Janssen ou a segunda dose de Coronavac, AstraZeneca e Pfizer. Os imunossuprimidos, ou seja, aquelas pessoas com problemas imunológicos, também podem receber o reforço na vacinação.

A secretária destacou que é fato que a maioria da população quer ser vacinada e que o Brasil tem a “cultura da vacinação”, e constatou queda no número de casos e de mortes no País a partir de agosto, diante do avanço da vacinação. Rosana de Melo disse que a ampliação das faixas atendidas seguirá critérios técnico-científicos.

“Em relação aos trabalhadores de saúde, não houve consenso na nossa penúltima reunião da Câmara Técnica do Plano Nacional de Operacionalização. Pactuamos que iríamos discutir mais em termos técnico-científicos. Se a decisão for pela vacinação desse grupo na totalidade, independentemente do imunizante aplicado, nós teremos as doses para serem aplicadas”, garantiu.

Está prevista uma nova reunião da câmara técnica do ministério no dia 24. Com base nos estoques e na projeção de entregas, Rosana afirma que haverá disponibilidade de vacina, caso se decida pela dose de reforço a partir de 60 anos de idade. A secretária informou que o ministério já iniciou o planejamento do esquema vacinal do próximo ano.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Comissão aprova proposta que regulamenta doação de produtos apreendidos pela Receita Federal

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Ganime defendeu plena divulgação da possibilidade de doação A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara do...

26 de Outubro de 2021 as 12h45

Política

Comissão aprova limite maior para trabalhador com deficiência receber auxílio-inclusão

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Eduardo Barbosa calcula que o valor recebido em muitos casos será inferior ao que as pessoas com deficiência j...

26 de Outubro de 2021 as 12h45

Política

Debatedores pedem aprovação de PEC que destina 1% da receita da União à assistência social

Reila Maria/Câmara dos Deputados Cyntia Grillo criticou queda progressiva do orçamento do Suas Gestores estaduais e municipais, trabalhadores e u...

26 de Outubro de 2021 as 12h45

Política

Comissão aprova criação de Procuradoria Regional da República em Minas Gerais

Najara Araujo/Câmara dos Deputados Correia apresentou substitutivo com modificações sugeridas pelo MPF A Comissão de Trabalho, de Administração e...

26 de Outubro de 2021 as 12h00

Sorriso

Diogo Kriguer indica construção de um ginásio na Escola Municipal Aureliano Pereira da Silva

A quadra da escola não é suficiente para atender os quase 900 alunos da unidade escolar

26 de Outubro de 2021 as 12h00

Política

Congresso promulga nesta quarta emenda que aumenta repasse para municípios

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Até setembro de 2021, o FPM havia recebido R$ 78 bilhões O Congresso Nacional promulga, nesta quarta-feira (27),...

26 de Outubro de 2021 as 11h30

Política

Comissão de Assuntos Econômicos adia análise do projeto de privatização dos Correios

Relator do projeto de lei que autoriza a exploração pela iniciativa privada de todos os serviços postais, o senador Marcio Bittar (PSL-AC) apresent...

26 de Outubro de 2021 as 11h30

Política

Comissão debate estudo sobre potencial vacina anticocaína que protege bebês em gestação

Depositphotos Uso de drogas na gravidez afeta a criança A Comissão de Seguridade Social e Família promove debate nesta quinta-feira (28) sobre va...

26 de Outubro de 2021 as 11h00

Sorriso

Vereador conhece a estrutura do caminhão do Hospital de Amor de Barretos

A estrutura está estacionada em frente ao Ambulatório Multiprofissional de Especialidades, na Avenida Brasil

26 de Outubro de 2021 as 10h45

Sorriso

Vereador pede grama sintética em substituição à área em quadra na Praça da Juventude

Mauricio justifica que o uso da grama sintética resulta em menos lesões

26 de Outubro de 2021 as 10h30

Política

Comissão aprova inclusão do crime de feminicídio em Código Penal Militar

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Subtenente Gonzaga apresentou substitutivo mudando o texto original A Comissão de Relações Exteriores e de Defes...

26 de Outubro de 2021 as 10h30

Sorriso

Retorno do futebol amador em Sorriso é requerido por Celso Kozak

O município encontra-se com a média móvel de novos casos de Covid-19 em queda, justificando a retomada dos jogos

26 de Outubro de 2021 as 10h00

Sorriso

Damiani se reúne com Executivo para discutir a inauguração do prédio do INSS

A obra começou em 2012 e deve ser entregue no dia 5 de novembro

26 de Outubro de 2021 as 09h15

Sorriso

Marlon Zanella pede a disponibilização de barracas para a feira do distrito de Boa Esperança

O vereador explica que atualmente, a feira é realizada na área pública da praça, e os feirantes precisam de barracas

26 de Outubro de 2021 as 09h00

Política

Comissão que fiscaliza fluxo migratório e situação de refugiados aprecia plano de trabalho nesta quarta

A Comissão Mista Permanente sobre Migrações Internacionais e Refugiados (CMMIR) se reúne nesta quarta-feira (27), a partir das 15h, para a apreciaç...

26 de Outubro de 2021 as 08h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO