Política

Participantes de sessão solene destacam acesso desigual a diagnóstico e tratamento do câncer de mama

Pedro França/Agência Senado A paciente oncológica do SUS, Daniela Catunda (no telão), relatou sua experiência durante a sessão Especialistas e pa...

Fonte:Agência Câmara de Notícias
25 de Outubro de 2021 as 15h 00min

A paciente oncológica do SUS, Daniela Catunda (no telão), relatou sua experiência durante a sessão - (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Especialistas e parlamentares reiteraram a importância da prevenção, do diagnóstico e do tratamento precoce do câncer de mama em sessão solene especial do Congresso Nacional de encerramento da campanha Outubro Rosa. Os participantes também chamaram a atenção para a desigualdade social na luta contra o câncer de mama.

Durante todo o mês, a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados realizou, em parceria com o Senado Federal, debates, campanhas informativas e de doação, exposição, iluminação especial dos prédios do Congresso, entre outros eventos de conscientização sobre o tema.

Coordenadora da bancada feminina e uma das autoras do pedido da sessão, a deputada Celina Leão (PP-DF) destacou que, com a lotação dos hospitais durante a pandemia de Covid-19, houve perda na qualidade do atendimento das mulheres com câncer de mama. Segundo ela, a missão dos parlamentares é agora trabalhar pela retomada integral do atendimento e pela melhoria e aplicação das leis que já existem.

"Temos muitas leis importantes. Devemos inclusive votar uma esta semana, em homenagem ao Outubro Rosa, que é o Estatuto da Pessoa com Câncer, da deputada Tereza Nelma", disse.

A proposta, que tem o objetivo de promover o acesso igualitário a tratamentos e prevê o atendimento integral da pessoa com câncer no Sistema Único de Saúde (SUS), já foi aprovada pela Câmara e pelo Senado, e agora os deputados analisarão as mudanças feitas pelos senadores no texto.

A presidente do instituto Oncoguia, Luciana Holtz, frisou que são 67 mil casos diagnosticados de câncer de mama por ano no Brasil - ou seja, 180 novos casos por dia, 7 por hora, além de 2 mortes por hora.

"Morrem mais as mulheres que não sabem ler, as mulheres pretas, as mulheres que não têm dinheiro para pagar condução para ir ao médico, e muitas vezes tem que escolher entre ir ao médico e dar comida para seus filhos", disse. Para ela, as principais vítimas do câncer de mama são "as mulheres que não têm força para se cuidar, por falta de autoestima, bem-estar profissional, as que não tem acesso ao serviço de saúde perto ou longe dela".

A deputada Tereza Nelma (no telão), defendeu a mamografia a partir dos 40 anos
A deputada Tereza Nelma (no telão), defendeu a mamografia a partir dos 40 anos - (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Acesso à mamografia
A deputada Tereza Nelma (PSDB-AL), que é paciente oncológica e também pediu o debate, defendeu a antecipação da mamografia no SUS para mulheres a partir de 40 anos. Atualmente, o SUS indica a mamografia para a faixa etária de 50 a 69 anos. A deputada é relatora, na Comissão de Seguridade Social e Família, do projeto de decreto legislativo (PDL 679/19) do Senado que susta a portaria do Ministério da Saúde que mantém o uso da mamografia para o rastreamento do câncer de mama em mulheres na atual faixa etária. O parecer de Tereza Nelma recomenda a aprovação do projeto e aguarda votação na comissão.

A representante da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama, Maria Cristina Amorim, estimou em 1 milhão o número de mulheres que deixaram de fazer a mamografia durante a pandemia. Ela salientou que durante o mês de outubro aumenta o número de mamografias realizadas, o que mostra o resultado da Campanha Outubro Rosa.

Maria Cristina também observou que portaria do Ministério da Saúde (3712/20) destinou R$ 150 milhões para a ampliação do acesso às ações para rastreamento, detecção precoce e controle do câncer no SUS durante a pandemia, e que é preciso cobrar dos gestores ações nesse sentido.

Já o diretor técnico do Centro de Referência da Saúde da Mulher, do Hospital Pérola Byington – São Paulo, Luiz Henrique Gebrim, afirmou que hoje há três filas referentes ao câncer de mama no Brasil, e ele acredita que o foco deve ser nas duas primeiras.

"Fila de mulheres com diagnóstico de câncer na mão e não conseguem iniciar a quimioterapia ou a cirurgia, é fundamental priorizar esta fila; a segunda fila é a de mulheres, 80% das mulheres brasileiras, que já descobriram o nódulo e precisam de uma biópsia e demoram de três a seis meses; e a terceira fila é a da mamografia, que é tida como prioritária, mas não é, essa pode esperar", ponderou.

Veto a projeto
Procuradora da Mulher no Senado e também autora do requerimento para a sessão, a senadora Leila Barros (Cidadania-DF) pediu aos parlamentares a derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro ao Projeto de Lei 6330/19 (Veto 41), que facilita o acesso a remédios orais contra o câncer, obrigando planos de saúde a cobrir despesas com esses tratamentos em até 48 horas.

O oncologista Gilberto Amorim, membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, disse que é favorável à derrubada do veto, já que a lei poderia beneficiar mais de 50 mil usuários de planos de saúde, mas ressaltou que 80% da população é atendida pelo SUS e não tem acesso a plano.

Ele destacou que, conforme dados do Data SUS, a queda na realização de mamografia foi de mais 50% durante a pandemia, e agora precisam ser retomados os exames, assim como as consultas ao ginecologista e ao mastologista, quando necessário.

Paciente oncológica do SUS, Daniela Catunda relatou que teve que entrar na Justiça para tentar acesso a seu tratamento de imunoterapia. Ela defendeu a aprovação do PL 2371/21, que altera a Lei do SUS para incluir a imunoterapia nos protocolos clínicos do câncer. Ela chamou a atenção ainda para a dificuldade para fazer a reposição da mama no SUS e frisou que esse tipo de câncer mexe muito com a autoestima feminina.

A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), por sua vez, lembrou que os parlamentares aprovaram em 2019 proposta de sua autoria (Lei 13.896/19) que assegura a pacientes do SUS com suspeita de câncer o direito à realização de exames no prazo máximo de 30 dias, e disse que a lei precisa ser colocada em prática.

Hábitos saudáveis e teste genético
Além de reiterar a importância do acesso rápido à mamografia e à biópsia das alterações encontradas, Carolina de Miranda, médica mastologista do Hospital de Base de Brasília, observou que os hábitos de vida saudáveis são importantíssimos para diminuir as chances de câncer - incluindo alimentação balanceada e exercícios -, assim como a atenção ao histórico familiar.

Marlene Oliveira, do Instituto Lado a Lado, defendeu o acesso ao teste genético e observou que o câncer de mama se torna cada vez mais uma realidade também para mulheres jovens.

Lely Barrera, representante da Organização Panamericana de Saúde (Opas), ressaltou que nas Américas o câncer de mama é o tipo mais comum na mulher e a segunda causa de morte por câncer nesse segmento da população, atrás apenas do câncer de pele não melanoma.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Senado aprova sessão especial para comemorar o Dia da Bíblia

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (8), requerimento para realização de sessão especial para fim de comemorar o Dia da Bíblia (RQS 2....

08 de Dezembro de 2021 as 21h30

Política

Senado aprova mudanças da Câmara e confirma volta da propaganda partidária

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (8) o substitutivo da Câmara ao projeto de lei que restabelece a propaganda gratuita dos partidos p...

08 de Dezembro de 2021 as 21h30

Política

Câmara aprova projeto que altera a Lei do Fundeb

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (8) o projeto de lei que adia para 2024 a definição de novos índices para rateio dos recursos do ...

08 de Dezembro de 2021 as 21h30

Política

Câmara aprova projeto que prorroga incentivos à indústria de semicondutores

A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 3042/21, que prorroga até 2026 incentivos por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológ...

08 de Dezembro de 2021 as 21h30

Política

Aprovada criação da Procuradoria Regional da República em Minas Gerais

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (8), projeto de lei que cria a Procuradoria Regional da República (PRR) da 6ª Região. Com sede em Belo Horizon...

08 de Dezembro de 2021 as 21h15

Política

Oriovisto critica promulgação da emenda que muda correção do teto de gastos

Em pronunciamento, nesta quarta-feira (8), em Plenário, o senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) manifestou “tristeza” com a promulgação, hoje, p...

08 de Dezembro de 2021 as 21h15

Política

Câmara inclui psicólogo e assistente social entre profissionais contemplados pelo Fundeb

A Câmara dos Deputados aprovou a inclusão de psicólogos e assistentes sociais entre os profissionais de educação contemplados pelo Fundeb. A medida...

08 de Dezembro de 2021 as 21h00

Política

Paim pede derrubada de veto à lei de quebra de patentes de vacinas

Em pronunciamento nesta quarta-feira (8), o senador Paulo Paim (PT-RS) defendeu a derrubada do veto parcial (VET 48/2021) à lei que possibilita a q...

08 de Dezembro de 2021 as 21h00

Política

Câmara conclui votação de projeto que atualiza a Lei do Fundeb; acompanhe

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Deputados em sessão do Plenário A Câmara dos Deputados concluiu a votação do Projeto de Lei 3418/21, que adia p...

08 de Dezembro de 2021 as 20h45

Política

Deputados analisam projeto que prorroga incentivos à indústria de semicondutores; acompanhe

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Deputados em sessão do Plenário A Câmara dos Deputados analisa agora o Projeto de Lei 3042/21, que prorroga até...

08 de Dezembro de 2021 as 20h45

Política

Senado aprova MP que autoriza postos a comprar álcool diretamente de produtores

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (8), o projeto de lei de conversão (PLV 27/2021) da Medida Provisória (MP) 1.063/2021, que autoriz...

08 de Dezembro de 2021 as 20h15

Política

Kajuru diz que "lucros exorbitantes" da Petrobras são resultado da exploração do povo brasileiro

Em pronunciamento, nesta quarta-feira (8), o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) denunciou os lucros que considera exorbitantes da Petrobras, de outu...

08 de Dezembro de 2021 as 20h00

Política

Senado aprova novo marco legal para o mercado de câmbio

O Senado aprovou nesta quarta-feira (8) o projeto de lei que estabelece um novo marco legal para o mercado de câmbio (PL 5.387/2019, de autoria do ...

08 de Dezembro de 2021 as 20h00

Política

Setor aéreo aponta soluções para combustíveis mais baratos e menos poluentes

Descarbonização e redução de preço estão entre as prioridades da agenda legislativa ligada aos combustíveis de aviação, segundo representantes das ...

08 de Dezembro de 2021 as 19h45

Política

Realização do Carnaval em 2022 pode agravar a pandemia no Brasil, alertam gestores

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Fernando Avedanho: Carnaval inviabiliza cumprimento de medidas sanitárias contra a Covid Representantes dos set...

08 de Dezembro de 2021 as 19h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO