Política

Senadores repercutem discurso de Bolsonaro na ONU

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) repercutiu entre os senadores nesta ...

Fonte:Agência Senado
21 de Setembro de 2021 as 18h 00min

Em discurso na ONU, Bolsonaro defendeu o tratamento precoce da covid-19 - Alan Santos/PR

discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) repercutiu entre os senadores nesta terça-feira (21). O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que o presidente da República, entre outros pontos, destacou realizações importantes do Brasil.

— Obviamente que há posições do presidente com as quais eu não concordo, mas são convicções dele, já conhecidas de todos. Portanto, não há grande surpresa em relação à fala do presidente, que é aquilo que ele normalmente prega.

Na opinião do presidente do Senado, o momento é de união e cooperação entre os Poderes, para buscar soluções para os problemas brasileiros.

— Nós devemos respeitar, essa cultura do respeito entre os Poderes. Vamos celebrar o que há de positivo no país neste momento, que é a possibilidade de nós termos entre os Poderes um mínimo de união para dar soluções aos nossos problemas reais.

Pelas redes sociais, alguns senadores manifestaram incômodo com o discurso de Bolsonaro. Para o senador Rogério Carvalho (PT-SE), o discurso foi mentiroso.

“Mais uma vez, Bolsonaro submete o Brasil a mais um vexame internacional ao defender o tratamento contra a COVID sem eficácia comprovada pela ciência. O discurso de Bolsonaro na ONU repete mentiras. Ataca a imprensa, países irmãos e volta a defender o tratamento precoce. Bolsonaro não discursa para uma Nação, mas para seus extremistas. Uma fala trágica que aprofunda o isolamento do país”, afirmou Rogério Carvalho.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) também criticou o discurso.

“Bolsonaro conseguiu um feito extraordinário: levar o cercadinho à Assembleia Geral da ONU. Ignorou totalmente o Brasil real e falou sobre o país imaginário que flutua na bolha de desinformação das redes sociais. É motivo de vergonha mundial, mas não dá para dizer que é surpresa”, escreveu Alessandro.

Na opinião do senador Jean Paul Prates (PT-RN), o Brasil já foi melhor representado na ONU.

“O Brasil já teve dias melhores na cerimônia de abertura da Assembléia da ONU. Bolsonaro mais uma vez apequena a Presidência da República e o país diante de líderes mundiais. Mente, evita falar dos verdadeiros problemas do Brasil e do mundo, e mais uma vez envergonha nosso país”, publicou Jean Paul Prates.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) criticou Bolsonaro.

“O discurso pífio e mentiroso de Bolsonaro na ONU mostra ao mundo a ‘república do cercadinho’, uma vergonha para todos os brasileiros. Mentiu do começo ao fim, repetiu seu negacionismo e mostrou sua limitação cognitiva para todo o mundo”, afirmou Renan.

A senadora Leila Barros (Cidadania-DF) disse que Bolsonaro mentiu.

“O presidente da República foi à Assembleia Geral da ONU para vender mentiras e criar cortinas de fumaça para ocultar os crimes cometidos na gestão da pandemia e reafirmar o negacionismo do seu governo. Ele ao menos ajustou o discurso. Trocou o ‘estamos sem uma mácula de corrupção’ por ‘estamos sem qualquer caso concreto de corrupção’. É uma pena que ele não tenha se aprofundado sobre os casos ‘não concretos’ que a CPI da Covid apontou”, escreveu Leila.

O senador Cid Gomes (PDT-CE) expressou opinião semelhante à da colega.

“Bolsonaro usou o palco das Nações Unidas para mentir. Voltou a propagar remédios ineficazes para combater a covid, isso depois de cerca de 600 mil mortes. Não vacinado, é tratado cada vez mais como pária. Só causa vexame e vergonha a nós brasileiros”, publicou Cid.

Por sua vez, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que o Brasil precisa de “Vacina, comida, investimentos e emprego”, mas o presidente leva à ONU “Tratamento precoce, discurso contra a vacina e fake news contra prefeitos e governadores. Vexame!”

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) disse que o Brasil “foi muito mal representado na ONU” e que a comitiva brasileira teve: “1. o único presidente do G20 que não se vacinou; 2. um ministro da Saúde que fez gesto obsceno a manifestantes; 3. um chanceler que fez ‘arminha na mão’ a manifestantes”.

O discurso do presidente da República também repercutiu na reunião da CPI da Pandemia desta terça-feira (21).

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) rebateu às críticas e esclareceu que a defesa do Governo é sobre a relação entre paciente e médico, que devem ter autonomia para decidir o tratamento.  "O presidente defendeu a autonomia do médico para adotar as medidas que achar necessárias", afirmou.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Comissão aprova proposta que regulamenta doação de produtos apreendidos pela Receita Federal

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Ganime defendeu plena divulgação da possibilidade de doação A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara do...

26 de Outubro de 2021 as 12h45

Política

Comissão aprova limite maior para trabalhador com deficiência receber auxílio-inclusão

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Eduardo Barbosa calcula que o valor recebido em muitos casos será inferior ao que as pessoas com deficiência j...

26 de Outubro de 2021 as 12h45

Política

Debatedores pedem aprovação de PEC que destina 1% da receita da União à assistência social

Reila Maria/Câmara dos Deputados Cyntia Grillo criticou queda progressiva do orçamento do Suas Gestores estaduais e municipais, trabalhadores e u...

26 de Outubro de 2021 as 12h45

Política

Comissão aprova criação de Procuradoria Regional da República em Minas Gerais

Najara Araujo/Câmara dos Deputados Correia apresentou substitutivo com modificações sugeridas pelo MPF A Comissão de Trabalho, de Administração e...

26 de Outubro de 2021 as 12h00

Sorriso

Diogo Kriguer indica construção de um ginásio na Escola Municipal Aureliano Pereira da Silva

A quadra da escola não é suficiente para atender os quase 900 alunos da unidade escolar

26 de Outubro de 2021 as 12h00

Política

Congresso promulga nesta quarta emenda que aumenta repasse para municípios

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Até setembro de 2021, o FPM havia recebido R$ 78 bilhões O Congresso Nacional promulga, nesta quarta-feira (27),...

26 de Outubro de 2021 as 11h30

Política

Comissão de Assuntos Econômicos adia análise do projeto de privatização dos Correios

Relator do projeto de lei que autoriza a exploração pela iniciativa privada de todos os serviços postais, o senador Marcio Bittar (PSL-AC) apresent...

26 de Outubro de 2021 as 11h30

Política

Comissão debate estudo sobre potencial vacina anticocaína que protege bebês em gestação

Depositphotos Uso de drogas na gravidez afeta a criança A Comissão de Seguridade Social e Família promove debate nesta quinta-feira (28) sobre va...

26 de Outubro de 2021 as 11h00

Sorriso

Vereador conhece a estrutura do caminhão do Hospital de Amor de Barretos

A estrutura está estacionada em frente ao Ambulatório Multiprofissional de Especialidades, na Avenida Brasil

26 de Outubro de 2021 as 10h45

Sorriso

Vereador pede grama sintética em substituição à área em quadra na Praça da Juventude

Mauricio justifica que o uso da grama sintética resulta em menos lesões

26 de Outubro de 2021 as 10h30

Política

Comissão aprova inclusão do crime de feminicídio em Código Penal Militar

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Subtenente Gonzaga apresentou substitutivo mudando o texto original A Comissão de Relações Exteriores e de Defes...

26 de Outubro de 2021 as 10h30

Sorriso

Retorno do futebol amador em Sorriso é requerido por Celso Kozak

O município encontra-se com a média móvel de novos casos de Covid-19 em queda, justificando a retomada dos jogos

26 de Outubro de 2021 as 10h00

Sorriso

Damiani se reúne com Executivo para discutir a inauguração do prédio do INSS

A obra começou em 2012 e deve ser entregue no dia 5 de novembro

26 de Outubro de 2021 as 09h15

Sorriso

Marlon Zanella pede a disponibilização de barracas para a feira do distrito de Boa Esperança

O vereador explica que atualmente, a feira é realizada na área pública da praça, e os feirantes precisam de barracas

26 de Outubro de 2021 as 09h00

Política

Comissão que fiscaliza fluxo migratório e situação de refugiados aprecia plano de trabalho nesta quarta

A Comissão Mista Permanente sobre Migrações Internacionais e Refugiados (CMMIR) se reúne nesta quarta-feira (27), a partir das 15h, para a apreciaç...

26 de Outubro de 2021 as 08h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO