Denúncia

Pedófilos usam YouTube para trocar informações sobre vídeos de crianças

Plataforma diz que está tomando ''medidas agressivas'' para conter o problema. Empresas como Disney e McDonald's retiraram anúncios de vídeos após divulgação de polêmica.

Fonte:Fonte: Thiago Lavado | G1
22 de Fevereiro de 2019 as 03h 25min

Denúncias afirmam que a configuração da rede facilitava o contato entre pedófilos e acesso a vídeos de crianças. — Foto: Reuters/Dado Ruvic

Uma polêmica explodiu sobre o YouTube durante esta semana. Em vídeo, um dos produtores de conteúdo da plataforma, Matt Watson, fez uma crítica ao YouTube e mostrou o que ele chamou de “falha” : uma rede de pedófilos utiliza termos como “girls bikini” para encontrar vídeos de crianças em roupas de banho, praticando esportes ou na praia.

Esses usuários usavam o espaço de comentários para instruir as crianças e adolescentes na gravação de vídeos, mantinham contato uns com os outros, sinalizavam frames de vídeos em que havia maior exposição das crianças e até trocavam vídeos não listados nas buscas do YouTube.

De acordo com Watson, eles também baixavam os vídeos e faziam upload deles em seus próprios canais para evitar que fossem removidos pelos usuários originais.

No vídeo, Watson mostra que uma conta recém-criada no YouTube pode chegar a alguns dos vídeos usados por esses pedófilos em questão de cinco cliques, pela maneira como a rede de vídeos recomenda conteúdo aos usuários. Para ele, o mais chocante é que alguns desses vídeos são monetizados e exibem propaganda. “Isso é exploração infantil”, disse.

Para provar seu ponto, Watson usa uma VPN para realizar uma nova conexão e uma conta nunca antes usada. Com alguns cliques, ele está em um vídeo de meninas pequenas de biquini, que tem quase 1 milhão de visualizações, com uma barra lateral de recomendação cheia de vídeos semelhantes.

Alguns dos vídeos que são recomendados para ele nesse momento têm títulos em português. Segundo o YouTube, toda a polêmica ainda está "em processo de investigação, então neste momento não temos informações sobre impactos no Brasil. Se for o caso, tomaremos eventuais medidas junto às autoridades competentes.”

O problema gerou comoção nas empresas que fazem anúncios no Youtube. Nestlé, McDonald's, Disney, Epic Games, AT&T e outras companhias retiraram seus anúncios da plataforma após a polêmica.

Watson afirma que ele não é o primeiro a falar disso e mostra algumas reportagens que já apontavam para um problema semelhante.

O que diz o YouTube

Uma porta-voz do YouTube no Brasil afirmou que a plataforma passou as últimas 48h tomando “medidas agressivas” para acabar com esse problema: mais de 400 contas foram deletadas nos últimos dias, milhares de vídeos removidos da plataforma e dezenas de milhões de comentários foram deletados.

“Fechamos os canais e reportamos todos esses comentários e material para as autoridades competentes nos Estados Unidos para que possam conduzir investigações nesse sentido. Temos um trabalho muito próximo das autoridades quando se trata desse assunto”, disse a porta voz ao G1.

Segundo o YouTube, os vídeos não são postados com esse contexto inicialmente e muitos deles mostram filhos das pessoas e crianças em atividades corriqueiras. “Nós tiramos esses vídeos do ar. Eles são postados de forma inocente e tirados de contexto”.

O YouTube também deixou claro que tem uma política restrita de idade e que não permite que crianças menores de 13 anos criem contas na plataforma. Essa medida é parte de uma determinação internacional chamada COPPA (Ato de Proteção Online à Criança, na sigla em inglês), que estabelece diretrizes para a proteção à vida privada das crianças na internet.

Leia a íntegra da nota divulgada pelo YouTube ao G1:

“Qualquer conteúdo — incluindo comentários — que coloque menores em perigo é repulsivo e temos políticas claras que proíbem isso no YouTube. Nós tomamos ações imediatas, removendo contas e canais, reportando atividades ilegais às autoridades e desabilitando comentários em dezenas de milhões de vídeos que incluem menores de idade. Ainda há mais a ser feito e continuamos a trabalhar para melhorar e identificar abusos mais rapidamente.”


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Tecnologia

Tecnologia

Governo dialoga com startup para atrair novo perfil de investidores para o Parque Tecnológico

A organização está interessada na prospecção de parceiros que desenvolvam arranjos sociais, com impactos sobre o bem estar da sociedade e do meio ambiente

10 de Maio de 2022 as 11h15

Tecnologia

Seciteci fortalece relacionamentos em evento mundial de inovação e tecnologia

Evento reúne mais de 70 países, todos imersos na busca por ideias inovadoras e agentes financiadores para novos projetos

06 de Maio de 2022 as 16h45

Tecnologia

Governo busca atrair novos investidores em evento internacional de inovação e tecnologia

Evento reúne mais de 70 países, todos imersos na busca por ideias inovadoras e agentes financiadores para novos projetos

06 de Maio de 2022 as 16h45

Tecnologia

Reeducandos concluem cursos de qualificação profissional na Penitenciária Mata Grande

Capacitação foi uma parceria da unidade penal com a Secretaria de Ciências, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (Secitec) e a associação católica Obra Kolping

21 de Abril de 2022 as 09h15

Tecnologia

Governo de MT amplia parceria com a UFMT para incentivo à atividade de pesquisa

Por meio da Seciteci, o Estado investirá cerca de R$ 20 milhões no lançamento de editais para ampliar laboratórios de pesquisa

21 de Abril de 2022 as 09h15

Nova Marca

Facebook muda de nome e agora se chama Meta

Rede social segue com o mesmo nome, mas ficará subordinada à nova marca junto com WhatsApp e Instagram. Mudança ocorre em meio a críticas à empresa depois que documentos internos revelaram uso de algoritmo que facilitava propagação de informações

29 de Outubro de 2021 as 07h35

Algumas projeções para os smartphones até o fim da década

18 de Outubro de 2021 as 18h14

Instabilidade

WhatsApp, Instagram e Facebook ficam foram do ar nesta segunda

Instabilidade nas três plataformas atinge usuários de diversos países; empresas ainda não informam o que aconteceu

04 de Outubro de 2021 as 14h46

Tecnologia

Mato-grossenses podem solicitar primeiro emplacamento e transferência via App MT Cidadão

Atualização do aplicativo MT Cidadão facilita a vida dos usuários e inclui uma série de serviços públicos digitais

22 de Setembro de 2021 as 13h45

Tecnologia

Seciteci entrega materiais pedagógicos para alunos Mediotec de Técnico em Agropecuária

Ao todo 342 alunos iniciaram o curso de forma híbrida. O curso Mediotec é realizado em parceria com o Governo Federal, por meio do programa Novos Caminhos

10 de Setembro de 2021 as 09h30

Tecnologia

Seciteci entrega diploma para estudantes da região Sul de Mato Grosso

Os cursos iniciados em 2017 foram concluídos em 2020, porém por conta da pandemia, a entrega dos diplomas foi adiada e somente agora a ação foi concretizada

03 de Setembro de 2021 as 10h30

Tecnologia

Mais de 20 mil pessoas participaram da Semana da Inovação de Mato Grosso, realizada de forma virtual

Na SIMT também foi lançado Prêmio Inova Mato Grosso, como forma de reconhecer as empresas que atuam em gestão de inovação no Estado

31 de Agosto de 2021 as 13h45

Tecnologia

Médico fala sobre mitos e verdades da Covid na Escola Técnica de Sinop

A equipe se prepara para que a retomada das aulas presenciais aconteça de forma segura e consciente

27 de Agosto de 2021 as 14h00

Tecnologia

Secretário destaca investimentos em inovação para superar desafios do agro

Secretário Nilton Borgato participou de evento na sede da Federação das Indústrias de Mato Grosso

26 de Agosto de 2021 as 10h45

Tecnologia

Seciteci realiza 1º Encontro Estadual de diretores e coordenadores das Escolas Técnicas

O evento ocorreu das 08h às 17h, nesta terça-feira (24.08) no plenário da Assembleia Legislativa

25 de Agosto de 2021 as 08h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO