PF faz operação que investiga fraude em licitação de construção de escolas indígenas em MT

A operação, chamada de ‘O grande truque’, é decorrente de um inquérito policial de 2016. PF investiga grupo que fraudou procedimento licitatório em convênio com o FNDE.

30/11/2017 - 18:10:02

   

Um grupo criminoso que fraudou procedimentos licitatórios de construção de escolas em comunidades indígenas, em Mato Grosso, é alvo de uma operação nesta quinta-feira (30) da Polícia Federal em quatro cidades mato-grossenses e em Goiânia (GO). A operação, chamada de ‘O grande truque’, é decorrente de um inquérito policial de 2016.

Segundo a Polícia Federal, o grupo criminoso responsável por fraudar procedimentos licitatórios decorrentes da execução de convênio firmado entre a Prefeitura de Campinápolis, a 565 km de Cuiabá, e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que faria a construção de escolas em comunidades indígenas.

Devem ser cumpridos cinco mandados de condução coercitiva e quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Várzea Grande (MT), Barra do Garças (MT), Nova Xavantina (MT), Campinápolis (MT) e Goiânia (GO). Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Barra do Garças (MT).

A investigação apurou que os serviços decorrentes de licitação foram inicialmente objeto de concorrência pública, cujo edital fora publicado na imprensa oficial. Ocorre que, dias depois, a Prefeitura de Campinápolis cancelou a licitação, sob o argumento da suposta ausência de interessados.

A investigação apontou que 13 dias após o cancelamento da concorrência, a Prefeitura de Campinápolis publicou outro edital, com os mesmos critérios dos projetos, serviços e obras, inclusive com os seus respectivos cronogramas físico-financeiros, no igual valor de R$ 3.967.233,16.

Dois dias após a assinatura do contrato, a empresa investigada, antes mesmo da emissão de ordem de serviço, solicitou à prefeitura o realinhamento de preços, mesmo após ter declarado ciente das condições e prazo das obras, assumindo o compromisso de bem desempenhar as atividades, apresentando inclusive uma planilha de estimativa de custos e um cronograma financeiro.

O prefeito da época, diante do requerimento de aditivo contratual da empresa, solicitou ao FNDE o respectivo aditivo sob o argumento de que a concorrência fora cancelada uma vez que as empresas interessadas no certame, ao adquirirem as planilhas, não se interessaram em participar do processo, já que os valores aprovados seriam muito baixo para a realização da obra.

O aditivo contratual foi no valor de 37,14% de acréscimo, cujo índice é ilegal, eis que o limite imposto pela Lei de Licitações é de 25%.

A obra até hoje não foi concluída, cujos prejuízos giram em torno de R$ 450.548,16.

​Conforme a PF, os presos serão indiciados pelos crimes de frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação.

Nome da operação

O nome da operação remete ao filme ‘O Grande Truque’ (2006), o qual demonstra que todos os truques e mágicas são apenas fumaça, escondendo algo muito maior e mais denso. Para o filme, todo grande truque de mágica consiste em três atos: “A Promessa”; “A Virada” e “O Grande Truque”.

Em comparação ao filme, segundo a PF, percebe-se que a fraude investigada se debruçava em três momentos: a criação de procedimento licitatório com preços excessivamente baixos para eliminar interessados; o vencimento da licitação pela empresa integrante do esquema, e, por fim, o realinhamento do contrato (37,14% a maior) dois dias após a sua assinatura.

MT Agora - G1 MT

Mais Noticias

Tráfico de Drogas

Investigação leva traficante para a cadeia em Lucas

Ação Rápida

PM de Lucas prende suspeitos de roubo a casa lotérica

Operação Integrada

Ação de fiscalização lacra estabelecimentos em Lucas

Dinheiro Falso

Menor é apreendido com dinheiro falso em Lucas

09/12/2017 -

Estelionatário se diz pai de santo, recebe mensalidade de idoso com promessa de tirar encosto e é preso em MT

À polícia, a vítima contou que o suspeito cobrava para comprar bodes e galinhas pretas. Manoel Itamar Alves Silva, de 48 anos, foi levado para a delegacia e liberado em seguida.

09/12/2017 -

Ladrão fica entalado em porta ao furtar roupas de apartamento em MT e é preso

Marcos Paulo Silvestre de Alcântara, de 28 anos, foi detido e levado para a delegacia. Segundo a PM, ele ainda tentava furtar os objetos mesmo estando entalado.

08/12/2017 -

Agentes Prisionais revistam celas do Centro de Detenção Provisória de Lucas

Os trabalhos tiveram início às 06:00 horas da manhã e terminaram por volta das 11:00 horas.

08/12/2017 -

Assaltante é preso após roubar relojoaria em Lucas do Rio Verde

O crime foi praticado por dois suspeitos em uma relojoaria, localizada na Avenida Mato Grosso, bairro Alvorada.

08/12/2017 -

Jovem é flagrado com plantio de maconha em Lucas do Rio Verde

A prisão aconteceu na tarde deta quarta-feira (06) no bairro Alvorada.

08/12/2017 -

Veículo produto de estelionato em Lucas do Rio Verde é recuperado

As investigações continuam para localizar o autor do estelionato.

08/12/2017 -

Mulher é presa ao tentar entrar com celular em centro de ressocialização em Sorriso

O caso será investigado.

08/12/2017 -

Dois jovens são presos acusados de tentar furtar cofre de empresa em Nova Mutum

Os dois foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias.

08/12/2017 -

Mato Grosso é o 2º do país em posse e uso de drogas

Estes dados constam no 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública deste ano.

08/12/2017 -

Ossada de jovem desaparecido há 4 meses é encontrada às margens de rodovia em MT

Ossada foi encontrada em uma vala por funcionários que trabalham em uma obra na MT-225, em Feliz Natal. Uma moto que pertencia ao rapaz também foi encontrada no local.

08/12/2017 -

Sinop: casal de idosos é denunciado por supostos abusos sexuais contra menina de 8 anos

A avó de uma menina, de 8 anos, procurou a delegacia de Polícia Civil ontem e registrou um boletim de ocorrência contra um casal de idosos, por supostos abusos sexuais.

08/12/2017 -

Polícia Civil e Sefaz desarticulam organização que causou prejuízo de R$ 140 milhões ao Estado

O esquema foi descoberto nas investigações da operação ''Crédito Podre'', deflagrada nesta quinta-feira (07)

08/12/2017 -

Impostos sonegados em comércio de grãos em MT dariam para construir 72 escolas e 1,4 mil casas populares, diz polícia

Mandados foram cumpridos em MT, SP e SC.

08/12/2017 -

Grupo suspeito de cometer fraudes e sonegar R$ 140 milhões em ICMS é alvo de operação em MT, SC e SP

Devem ser cumpridos 16 mandados de prisão preventiva, 34 ordens de busca e apreensão e 9 conduções. Grupo usava documentos falsos e articulava a comercialização de grãos.

08/12/2017 -

Mãe é presa por usar conta de benefício social da filha deficiente para receber dinheiro de carro roubado

Ela deve responder pelo crime de estelionato e associação criminosa. A polícia investiga o caso e procura os outros integrantes da quadrilha.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora